Diplomados Destaque

28 Novembro de 2017

Luís Felipe Ferreira e Matheus Fell - Diplomados em Direito e Administração

Sonho, realização, responsabilidade e desafio. Essas são as palavras que definem o significado da marca Quiero Café para os diplomados da Univates Luís Felipe Wallauer Ferreira e Matheus Lindemann Fell. Eles decidiram investir na ideia de abrir um café diferenciado na região e hoje contam com dois estabelecimentos e novos desafios pela frente.

O insight de abrir o próprio negócio aconteceu quando, durante um dia comum de trabalho, Ferreira teve vontade de tomar um café e comer um lanche, mas não encontrou opções próximas do seu gosto. Foi assim que o diplomado em Direito começou a pensar em algo que contemplasse cafeteria com happy hour e decidiu chamar o amigo Matheus Fell, graduado em Administração de Empresas, para conversar sobre a possibilidade.

Empolgados com o negócio, decidiram que a ideia poderia sair do papel para se tornar realidade. “Três meses após aquela conversa estávamos inaugurando o Quiero Café, com inúmeras incertezas na cabeça, mas com muita dedicação e vontade de fazer dar certo”, relembra Fell.

Segundo ele, o propósito do negócio é oferecer uma experiência única para toda a família. “Quando falamos isso, referimo-nos à dedicação que temos em tentar agradar a todos os públicos e faixas etárias. O resultado disso é a variedade de nosso cardápio, que se inicia nos cafés, dos tradicionais aos mais elaborados, passa por opções de salgados e doces, petiscos, pratos executivos e finda em cervejas, chopes e drinks”, explica o diplomado.

Após abrir o estabelecimento no município de Teutônia e receber retorno positivo dos clientes, eles decidiram ir além e instalaram a marca também em Lajeado. “Tivemos uma grande motivação em fazer o negócio crescer, tanto em melhorias, como a expansão do cardápio, atendimento diferenciado e ambiente aconchegante, quanto na expansão do negócio na modalidade de franquia”, afirma Ferreira.

Teoria na prática

Colocar em prática os conhecimentos adquiridos durante a graduação é uma tarefa diária para os diplomados. Conforme Fell, o Quiero Café está sendo a oportunidade de praticar o aprendizado adquirido em sala de aula e ao longo das experiências já vividas, investindo em um negócio novo e criado desde o princípio por eles. “A teoria nos dá bons recursos para fundamentar as tomadas de decisões, organizar o trabalho e aplicar métodos já testados e usados. A prática e as experiências nos surpreendem e nos forçam a resolver problemas não pensados nem planejados. Muitas aulas e professores da graduação são lembrados em determinados momentos e situações do dia a dia”, conta.

Ferreira complementa que os ensinamentos da graduação auxiliam-no em diversos âmbitos da empresa. Além disso, ele destaca que, analisando aspectos jurídicos do negócio, a teoria precisa ser adaptada à realidade de forma a agradar tanto o empregado quanto o empregador.

Os diplomados têm tarefas específicas no Quiero Café, mas procuram tomar decisões sempre juntos. “Isso nos ajuda a refletir bem sobre nossas ideias, tentando ao máximo tomar as melhores decisões para o nosso negócio”, comenta Ferreira, que atua na coordenação e operação das atividades de atendimento, produção, cozinha e outras. Já Fell possui atuação mais focada na parte administrativa e financeira da empresa.

Comprometidos com o empreendimento, os diplomados afirmam que estão dando o melhor de si em prol do negócio, buscando tomar decisões bem pensadas e aprendendo ao longo da caminhada. “Gostamos de desafios e essa palavra está presente diariamente desde o início do Quiero Café”, explica Fell.

Após a marca estar há dois anos estabilizada no município de Teutônia e desde março deste ano em Lajeado, o próximo passo será expandi-la na modalidade de franquias. “Mais um novo desafio vem por aí”, finaliza Ferreira.

Esta matéria faz parte da edição 5 da Revista Univates. A versão digital pode ser conferida aqui.

Texto: Bruna Lais Alves

Clique para ampliar


ENVIE A SUA HISTÓRIA