Maurren Maggi realiza inauguração simbólica da pista de atletismo

Postado as 2014-11-28 16:32:31

Por Nicole Morás

A medalhista olímpica Maurren Maggi realizou inauguração simbólica da pista de atletismo da Univates nesta sexta-feira, dia 28. Na sua visita à Instituição, ela também participou de entrevista coletiva com a imprensa e de roda de conversa com acadêmicos dos cursos de Educação Física, participantes dos Jogos Escolares do Ensino Médio e crianças da equipe de atletismo de Teutônia.

No ato simbólico, o reitor da Univates, Ney Lazzari, falou do projeto ao qual a Instituição deu início há cerca de cinco anos, quando representantes da Univates conheceram pistas de atletismo no Chile como referência para a estrutura recém-inaugurada. “Queremos devolver para a comunidade o que ela tem nos dado. Além dos alunos, professores e funcionários, a comunidade amiga da Instituição que participa do programa Univates & Você pode acessar a pista para praticar caminhada”, afirmou. O reitor ainda agradeceu a visita da atleta.

Maurren, por sua vez, elogiou a pista e falou da sua felicidade ao saber que a comunidade também pode ter acesso à estrutura. “A pista não perde para nenhuma no mundo. Ela é macia, de modo que não machuca o atleta. Ao mesmo tempo é dura, ou seja, é uma pista rápida”, disse. Ela ainda analisou a pista de salto e fez seu primeiro arremesso de peso, conquistando a marca de 6,91 m. A pista de atletismo da Univates é certificada pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e compõe o Estádio Olímpico da Univates, inaugurado no último sábado, dia 22.

Os olhos da atleta brilharam ao ver as crianças entrarem no auditório para o evento “Conversando com Maurren Maggi sobre Atletismo”. Ela contou um pouco da sua trajetória no esporte, desde os 7 anos de idade, quando iniciou os treinos na escola. Ela fez breve explanação sobre sua história e abriu espaço para perguntas. Sobre inaugurar pistas de atletismo, Maurren afirmou que gostaria de poder fazê-lo mensalmente. “Estou perdendo dois dias de treino, mas perderia 10 para estar aqui”, afirmou. Ela ressaltou ainda o esporte como meio para a qualidade de vida, falou da importância das categorias de base e sobre os Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados no Brasil. Para as crianças, seu conselho foi que elas procurem sempre se divertir com a prática do esporte.

Roda de conversa
Prestigiaram a atividade acadêmicos dos cursos de Educação Física, participantes dos Jogos Escolares do Ensino Médio e crianças da equipe de atletismo de Teutônia. Os pequenos foram os mais questionadores, abrindo as perguntas indagando sobre a quantidade de medalhas que conquistou em sua carreira. “Parei de contar quando conquistei a 520a medalha”, afirmou Maurren.

Sobre estar de sapato de salto, ela explicou que está em treinamento. “Assim não corro o risco de querer correr na pista da Univates, pois, se viesse de tênis, com certeza não conseguiria resistir”, brincou.
Para um atleta chegar ao seu patamar, Maurren sugere muito foco no objetivo e determinação, mesmo que isso signifique abrir mão de algumas coisas da vida. Para o esporte evoluir no país, ela acredita que sejam necessários mais investimentos em estrutura. “Material humano a gente já tem”, afirmou ela, acrescentando que falta trabalhar mais com as crianças nas categorias de base. “Os clubes geralmente trabalham com grandes atletas que já estão preparados. Uma alternativa que eu encontrei foi criando o Troféu Maurren Maggi, que atende cerca de 1.500 crianças”, acrescentou.

Maurren ainda citou outros países como exemplos no esporte. “Na Holanda, as pistas são públicas. Porém, aqui no Brasil, temos tão poucas e as que existem precisam ser conservadas. Na Alemanha e nos Estados Unidos, grandes potências mundiais no esporte, a prática esportiva é obrigatória nas escolas”, afirmou.

A atleta se emocionou ao ser questionada sobre a filha. “Ela ia adorar estar aqui hoje, ainda mais com essa criançada”, disse ela, com os olhos cheios de lágrimas. Ela falou ainda sobre sua alimentação, dizendo que sempre gostou de comer bem e com qualidade, buscando incluir frutas e verduras às suas refeições em vez de utilizar suplementos.

Sobre questões técnicas, Maurren explicou que treina de segunda-feira a sábado e elogiou o seu técnico. “Ele é o mais inteligente que eu conheço, pois consegue aplicar conhecimento ao treinos e está sempre em busca de novos exercícios. Gosto mais dos treinos na véspera de competições, quando eles são mais técnicos”, explicou.

A atleta falou ainda sobre o episódio de dopping e do procedimento ao qual foi submetida durante dez anos, quando integrou o grupo dos 20 melhores atletas do mundo. “Precisava informar minha posição todos os dias, para que alguém da Associação Internacional de Atletismo pudesse fazer exames. O atletismo é um dos esportes mais rigorosos. Eu fui pega por causa de uma pomada depilatória e conheci o caso de uma menina que foi pega por tomar um chá emagrecedor”, contou.

Sobre a medalha de ouro no salto em distância nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, ela disse que viu um filme passar pela sua cabeça no momento do resultado. “Eu pensei que eu merecia essa medalha, eu fiz valer a pena”, disse, finalizando a roda de conversa.

Também esportista do Atletismo, Maikel Ohlweiler disse acompanhar a carreira de Maurren e considerou uma experiência única poder prestigiar uma atleta de nível internacional na região. Ele questionou-a sobre uma campanha realizada pela internet para que fãs financiassem esportistas. “A mim pessoalmente não ajudou tanto, mas foi muito importante para abrir portas para outros atletas que não tinham condições. Assim, fãs e empresários que querem investir no esporte puderam fazer suas contribuições” finalizou a atleta.

Curiosidades
Os participantes da roda de conversa questionaram Maurren sobre sua vida pessoal, como a origem do seu nome. “Meus pais são beatlemaníacos, então meu nome foi uma homenagem à primeira esposa do Ringo Starr”, explicou. A atleta ainda afirmou que gosta muito de chocolate, tanto que deixa sempre a guloseima na cabeceira da cama.

Texto: Nicole Morás

Maurren Maggi é medalhista olímpica

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

 Reitor Ney Lazzari e Maurren Maggi fizeram inauguração simbólica da pista

Nicole Morás

Maikel é velocista, assim como Maurren

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

Maurren fez seu primeiro arremesso de peso na Univates

Nicole Morás

Maurren Maggi é medalhista olímpica

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

Maurren Maggi é medalhista olímpica

Nicole Morás

Maurren participou de roda de conversa na Univates

Nicole Morás

Notícias Relacionadas