Notícias

20 de março de 2017 | imprensa@univates.br

Em abril, eventos abordam a formação pedagógica e o currículo

A Univates realiza, de 3 a 5 de abril, o II Seminário Nacional Formação Pedagógica e Pensamento Nômade: currículo, criação e heterotopias e o I Seminário Internacional Formação Pedagógica e Pensamento Nômade.

Os eventos, que ocorrem concomitantemente, têm como objetivos problematizar a formação pedagógica estratificada e ancorada em pressupostos normativos, criando espaços de estudo, reflexão e discussão, experimentações artísticas e culturais com vistas a uma formação docente estética, e discutir os conceitos de currículo, criação e heterotopias a partir da perspectiva das Filosofias da Diferença. A programação também proporciona a integração da pesquisa, ensino e extensão, por meio de palestras, grupos de trabalho e mesas de discussões que abordam a temática do evento.

A abertura oficial do evento ocorre no dia 3 de abril, às 19h15min, no Teatro Univates, seguida da palestra “Currículo, criação e heterotopias”, do filósofo Silvio Gallo, professor titular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Para esta palestra é possível fazer inscrição separadamente, ao valor de R$ 25,00.

Os eventos são realizados pelo Projeto de Extensão Formação Pedagógica e Pensamento Nômade – Interfaces, pelo Curso de Pedagogia, pelo Centro de Ciências Humanas e Sociais, pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino e pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Exatas, em parceria com o Grupo de Pesquisa Currículo, Espaço, Movimento – CEM/CNPq/Univates.

As inscrições para ouvintes podem ser realizadas até a data do evento ao valor de R$ 105,00. O prazo para a submissão dos textos completos foi prorrogado para 31 de março. Mais informações podem ser obtidas em www.univates.br/seminarionomade ou pelo e-mail seminarionomade@univates.br.

Exposição
No dia 3 de abril, no Teatro Univates, haverá a exposição “Um click sobre a escola - estudantes como fotógrafos”, que é resultado de dois anos do projeto de pesquisa “A escola e as novas configurações da contemporaneidade: a voz de estudantes concluintes do Ensino Médio e Fundamental” (MCTI/CNPQ/Universal 14/2014). O estudo tem como objetivo investigar as funções da escola na contemporaneidade por meio do olhar de estudantes concluintes do Ensino Fundamental e Médio de duas escolas de Lajeado. As fotografias produzidas entre 2014 e 2016 apresentam múltiplas funções da escola na atualidade, além de lançar novos olhares ao espaço escolar, demonstrando o potencial criativo dos estudantes.

Texto: Nicole Morás

Clique para ampliar

Notícias Relacionadas