A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOCENTE DO PIBID/UNIVATES: FORMAS DE SER E FAZER NO PERÍODO 2014 - 2017

Cristiane Antonia Hauschild, Jane Herber

Resumo


As políticas públicas de formação docente para professores de educação básica vêm sendo implementadas com o intuito de qualificar a educação brasileira, o que faz da formação docente, uma peça chave para atingir esse objetivo. Nesse sentido, o Ministério da Educação – MEC, por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes - lança, em 2007, o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID. Este artigo apresenta os dados do projeto PIBID de uma instituição comunitária do interior do estado do Rio Grande do Sul, parceira do Programa desde 2010. Trata-se de uma pesquisa descritiva. Os dados abrangem a organização do projeto, destacando as ações organizadas pelo coletivo de coordenadores (institucional e de área), relacionando as ações formativas do programa institucional. Tanto o quantitativo das ações, quanto dos discentes e docentes envolvidos, evidencia os avanços do Programa no que diz respeito à formação docente, inicial e continuada. Ademais, esses resultados permitem inferir possíveis impactos na educação básica, em especial, na região de abrangência desta pesquisa.

Palavras-chave


PIBID, formação docente, ações formativas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-0882.v14i3a2017.1755

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cristiane Antonia Hauschild, Jane Herber

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: