AVALIAÇÃO DE CARVÃO ATIVADO E DE SÍLICA COMO ADSORVENTES PARA AMOSTRAS COM CORANTES E COM SÓDIO

Michele Fangmeier, Lucélia Hoehne

Resumo


Devido ao crescimento das indústrias, houve a geração de efluentes que nem sempre são fáceis de tratar. Dessa forma, há a necessidade de desenvolver alternativas para tratamento de resíduos em que a indústria possa desenvolver e minimizar os danos causados por seus efluentes. Por isso, este trabalho teve por objetivo, avaliar tratamentos de amostras contendo corante e sódio por meios filtrantes de areia e de carvão ativado e avaliou-se características físico-químicas como pH, concentração de Na, K, Li e Ca, turbidez e condutividade. As análises foram feitas através de equipamentos adequados e foram avaliados diferentes tipos de tratamentos. Para amostras contendo corantes, o uso do carvão ativado foi mais eficiente e para amostras contendo metais, o uso da sílica foi mais adequado. Testes adicionais ainda serão feitos.

Palavras-chave


Carvão. Areia. Tratamento de efluente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Michele Fangmeier, Lucélia Hoehne

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: