A ELABORAÇÃO DE MAPAS CONCEITUAIS COMO MEIO PARA DESENVOLVER APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA NO ESTUDO DE SISTEMAS BIOLÓGICOS

Marcelo Franco Leão, Márcia Jussara Hepp Rehfeldt, Miriam Ines Marchi

Resumo


Este estudo relata uma prática desenvolvida na disciplina de Sistemas Biológicos do curso de Engenharia de Alimentos da UNEMAT de Barra do Bugres-MT. Seu objetivo foi verificar se a utilização de mapas conceituais como estratégia didática no ensino de Sistemas Biológicos é viável e contribui significativamente para a aprendizagem dos estudantes. O estudo configura-se como uma pesquisa-ação cuja abordagem é qualitativa. Foram pré-definidas categorias de análise que seguiram as orientações de Bardin (2008). Constatou-se que em 82% utilizaram palavras ou frases de ligação formando sentido lógico, em 72% as proposições tiveram significado científico e com diferenciação progressiva. O envolvimento dos estudantes com a atividade foi intenso, sendo que 96% dos mapas contemplaram os conceitos básicos esperados neste processo de ensino. Por outro lado, a reconciliação integrativa ocorreu em apenas 24,1% dos mapas. Assim, pode-se inferir que a capacidade de incluir novos conceitos e relacioná-los a outros existentes foram dificuldades visualizadas nos alunos da UNEMAT. Por fim, elaboração de mapas permitiu observar que seu uso é viável e contribui significativamente para a aprendizagem dos estudantes.

Palavras-chave


Estratégia de ensino. Rede conceitual. Objetos de aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Marcelo Franco Leão, Márcia Jussara Hepp Rehfeldt, Miriam Ines Marchi

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: