A IDENTIDADE E LETRAMENTOS ACADÊMICOS MARCADOS ATRAVÉS DA POESIA

Claudia Graciela Calcagno Martins, Veronice Camargo da Silva, Mirna Susana Viera de Martinez

Resumo


presente trabalho é resultado de uma pesquisa de cunho qualitativo realizada com os alunos do Projovem Urbano na cidade de Bagé/RS. Partindo do pressuposto de que pensar em identidade é também pensar em língua, ou seja, é pensar na construção identitária como um processo que vai se modificando (HALL, 2011), realizou-se com o intuito de analisar, a partir do modelo dos letramentos acadêmicos (LEA & STREET, 2006), o processo de construção da identidade dos alunos do Projovem Urbano. Utilizaram-se como instrumentos de análise, marcas linguísticas encontradas em poesias produzidas pelos alunos tendo como referência a poesia “Ou isto ou aquilo”, de Cecília Meirelles. Os dados apontam que existe, por parte desses jovens, o desejo de não perder suas raízes, mas com uma vontade de mudar e se tornarem autônomos. Os dados apontam, ainda, um sujeito com uma concepção pós-moderna em que assume identidades diferentes em diferentes momentos. Pondera-se, ainda, que os letramentos acadêmicos estiveram presentes, uma vez que foram além da definição ou uso de regras específicas. Pelo contrário, representaram os diferentes modos pelos quais esses jovens (GEE,1999) valorizam, pensam, acreditam e escrevem através do gênero textual poesia.

Palavras-chave


identidade; letramentos; poesia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v38i2a2017.1571

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Claudia Graciela Calcagno Martins, Veronice Camargo Silva, Mirna Susana Viera Martinez

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: