ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO: A CRIATIVIDADE COMO UM DE SEUS TRAÇOS DETERMINANTES

Mariana Patricia Soares de Oliveira, Bárbara Amaral Martins

Resumo


O fenômeno altas habilidades/superdotação (AH/SD) é comumente associado à capacidade cognitiva, mas apesar de não se restringir às habilidades acadêmicas, é determinado pela interação de três traços: habilidade a acima da média, comprometimento com a tarefa e criatividade. Este estudo foi realizado em uma escola pública localizada no interior do estado de Mato Grosso do Sul e teve como objetivo conhecer as práticas educacionais voltadas para o desenvolvimento do potencial criativo, bem como as concepções de criatividade e AH/SD presentes no fazer docente. Os dados foram coletados por meio de observações em uma sala de aula do 1º ano do Ensino Fundamental e entrevista com a professora regente. Após as transcrições, a análise do material coletado ocorreu qualitativamente por meio da técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados demonstraram que é necessário investir na formação de professores em relação a esse campo levando em consideração a presença de concepções equivocadas e ausência de práticas de incentivo à criatividade. Assim, destaca-se a relevância da promoção de uma prática docente que desenvolva as potencialidades criativas de cada sujeito, concebendo a criatividade como um componente determinante das AH/SD.

Palavras-chave


Criatividade; Práticas educacionais; Altas habilidades/superdotação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v40i1a2019.2076

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Mariana Patricia Soares de Oliveira, Bárbara Amaral Martins

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: