ECONOMIA: PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES GAÚCHOS DO ENSINO MÉDIO

Patricia Franzoni, Marli Teresinha Quartieri

Resumo


Este artigo ilustra os resultados das percepções dos estudantes, de uma cidade do Rio Grande do Sul, em relação ao tema de economia e de que forma o referido tema está sendo abordado na disciplina de matemática. O estudo caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa, a investigação foi desenvolvida com trezentos e quatro estudantes do ensino médio e os dados foram produzidos a partir de um questionário, sendo que as questões subjetivas de economia foram analisadas mediante a aplicação da análise textual discursiva. Os dados foram agrupados em duas categorias que abordam respectivamente: recursos e tomada de decisões; preço determinado pelo mercado. Por meio deste estudo, evidencia-se que para alguns estudantes, economia tem relação com a escassez, produção e gasto, o preço é determinado pelo mercado pela interação das forças de oferta e demanda por bens e serviços, além do conhecimento de economia ser importante para o processo de tomada de decisão. Constata-se, também, que a maioria dos estudantes investigados considera o seu nível de conhecimento de economia “regular”, não gostam de economia, mas consideram importante e gostariam de aprender mais sobre o assunto. Muitos dos conhecimentos de economia adquiridos pelos estudantes são por meio da internet, família e televisão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.1983-0378.v40i2a2019.2369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Patricia Franzoni, Marli Teresinha Quartieri

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: