Ciências Contábeis

URI Permanente para esta coleção

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 5 de 98
  • Item
    Acesso Aberto
    Avaliação do conteúdo informacional dos relatórios de sustentabilidade
    (2020-11) Lui, Jéssica; Feil, Alexandre André; http://lattes.cnpq.br/6410162361977430
    O relatório de sustentabilidade é um importante meio de comunicação das empresas para com a sociedade em geral. Esta comunicação é utilizada para divulgar suas ações, contribuições e metas sobre o desenvolvimento e manutenção do meio ambiente e da sociedade. O objetivo do estudo foi a análise dos níveis de informação e simetria reportados nos relatórios de sustentabilidade das empresas listadas na bolsa de valores do Brasil no ano de 2020. O problema de pesquisa consiste em responder quais os níveis de informações e simetria reportados nos relatórios de sustentabilidade das empresas listadas na bolsa de valores do Brasil. A metodologia empregada no estudo quanto ao modo de abordagem define-se como quali-quantitativa, descritiva e documental, foram analisadas as 50 empresas de maior valor de mercado em 31 de julho de 2020 conforme o site da Bolsa de Valores do Brasil. Na aplicação do modelo de pontuação apresenta-se como principal resultado a pontuação máxima atingida por 31 das 50 empresas. O resultado da contagem de frequência dos indicadores específicos demonstrou que a série de padrões sociais é a que mais contém indicadores divulgados, e ainda a empresa que mais divulga indicadores específicos reporta 77 indicadores em seu relatório. A análise estatística pela correlação de Spearman apresenta grau baixo de correlação do patrimônio líquido com a pontuação das empresas, foi identificado que quanto maior o patrimônio líquido maior é a pontuação da empresa. O teste T aplicado na contagem dos indicadores específicos apresenta diferença significativa entre as empresas. Conclui-se que apesar do modelo de pontuação apresentar homogeneidade nos resultados os níveis e a simetria das informações dos relatórios demonstram divergências entre si, mesmo as diretrizes utilizadas sendo as mesmas em praticamente todas as organizações.
  • Item
    Acesso Aberto
    Processos julgados pela CVM: análise das principais infrações cometidas por auditores independentes
    (2020-11) Kortz, Patricia; Azeredo, Adriano José; http://lattes.cnpq.br/9128142755345512
    Este estudo analisa as principais infrações cometidas por auditores independentes na esfera da Comissão de Valores Mobiliários. Mediante a emissão do relatório de auditoria, o auditor independente deve atestar a credibilidade das demonstrações financeiras elaboradas pela entidade auditada. Entretanto, nas últimas décadas, foram inúmeros os casos de fraudes e erros contábeis envolvendo auditores independentes que resultam em processos devido à sua conivência ou simplesmente ineficiência. O estudo utiliza-se de uma pesquisa aplicada, documental, bibliográfica e descritiva. Para seu desenvolvimento foram coletadas informações de 86 processos administrativos sancionadores julgados pela CVM, no período de 2010 a 2019, através do site da entidade, utilizando o filtro “SNC”, dentre os quais 66 se aplicam à pesquisa. Por meio da análise quali-quantitativa foram evidenciadas 74 infrações, sendo as mais recorrentes: d) “Ausência de planejamento e procedimentos de auditoria que acarretam em divergências no relatório do auditor independente” e b) “Irregularidades no Programa de Revisão Externa de Qualidade”, que representam 39,19% e 35,14% da amostra analisada, respectivamente. Também se buscou outras características dos processos, como: o perfil dos acusados e as penalidades aplicadas, com a intenção de identificar se há alguma relação direta dessas variáveis com as infrações cometidas. Na análise de correlação, identificou-se que a ocorrência da infração “b” está vinculada com os acusados “reincidentes” e com a penalidade “suspensão temporária”. Além disso, evidenciou-se que o aumento de acusados “reincidentes” está ligado principalmente ao aumento de acusados classificados como “não Big Four”.
  • Item
    Acesso Aberto
    Avaliação dos métodos de mensuração do capital intelectual em cooperativa de crédito
    (2019-11) Bagatini, César Augusto; Feil, Alexandre André; http://lattes.cnpq.br/6410162361977430
    O capital intelectual é um ativo intangível sustentado pelo investimento em conhecimento, informação e experiência, e representa a criação de valor e vantagem competitiva para as organizações. No setor financeiro, permite as empresas maior eficiência e capacidade de adaptação aos cenários econômicos. Assim, esta monografia tem como objetivo identificar, mensurar e analisar quantitativamente o capital intelectual, e a partir disso, eleger o método que representa com maior aderência os objetivos e a atuação da instituição. A unidade de análise é a Cooperativa de Crédito, Poupança e Investimento da Região dos Vales - Sicredi Região dos Vales/RS, localizada no município de Encantado/RS. A metodologia concentra-se em uma abordagem quantitativa, abrangendo uma pesquisa bibliográfica e documental dos métodos presentes na literatura, demonstrações financeiras e relatórios da instituição referente ao ano de 2018. Os resultados expressam que os modelos EVA e CIV demonstram o capital intelectual em valor absoluto, porém não especificam os elementos humano, relacional e estrutural que compõe o capital intelectual da cooperativa. Já os modelos, “q” de Tobin, Market-to- book ratio e VAIC expressaram por meio de índices os seus resultados. O “q” de Tobin retornou que a cooperativa tem uma capacidade de investimento 53,8 vezes maior que o valor de reposição dos seus ativos. Já o modelo Market-to-book ratio demonstrou índice de 4,78, que significa um excedente de capital intelectual não reconhecido pela instituição. E por fim, o modelo VAIC traduziu que o resultado de 10,04 indica que para cada unidade monetária investida em capital intelectual, a cooperativa tem um retorno 10,04 vezes maior em valor agregado. Conclui-se, portanto, que o modelo VAIC é adequado para a instituição financeira, pois propõe a mensuração por índices de eficiência dos elementos humano, relacional e estrutural do capital intelectual, facilitando a análise e gestão da cooperativa Sicredi Região dos Vales.
  • Item
    Acesso Aberto
    Análise de viabilidade econômica para a implantação de uma indústria de alimentos congelados
    (2020-06) Hinrichsen, Michele Aparecida; Künzel, Ari; http://lattes.cnpq.br/8043180535764408
    O segmento de alimentos congelados é uma das opções de investimento por novos empreendedores, pois é um mercado que se mantém ativo e em crescimento ao longo do tempo. Este estudo apresenta a análise de viabilidade para a implantação de uma indústria de alimentos congelados na cidade de Cruzeiro do Sul – RS. Instrumento importante para o planejamento do negócio, o estudo teve como objetivo a definição de preço de venda, a elaboração de projeções de custos, receitas, fluxo de caixa, demonstração do resultado do exercício e desenvolver uma análise para verificar a viabilidade do empreendimento por meio do cálculo da margem de contribuição, ponto de equilíbrio, payback, VPL, TIR e ROI. A pesquisa se caracteriza como um estudo de caso com pesquisa bibliográfica para o embasamento teórico e com abordagem qualitativa e quantitativa. Foram considerados diferentes cenários para realizar as projeções, considerando variáveis externas que podem ocorrer no empreendimento. Tendo como base os dados levantados, as análises realizadas e os resultados obtidos neste estudo, o investimento é viável, consideradas as premissas de quantidades a serem vendidas e a margem de contribuição esperada.
  • Item
    Acesso Aberto
    Análise da viabilidade financeira de investimento em ordenha robotizada Lely Astronaut A5
    (2019-11) Bayer, Jaqueline Luisa; Leal, Francisco Cezar dos Reis; http://lattes.cnpq.br/7712122264438041
    Ao se considerar a possibilidade de algum investimento, o ideal é que este seja analisado por meio de ferramentas da contabilidade que permitam apoiar o proprietário na tomada de decisão. Relativamente novo no mercado nacional, a ordenha robotizada Lely Astronaut A5 vem despertando a curiosidade de diversos produtores, originando a dúvida em relação a sua viabilidade em uma propriedade do município de Westfália/RS. Então, como objetivo geral, este estudo buscou analisar a viabilidade financeira de investimento no equipamento por uma propriedade rural deste município. A metodologia deste estudo de caso, exploratório, envolveu uma abordagem qualitativa, consistindo os procedimentos técnicos na pesquisa bibliográfica, documental, coletando os dados por meio de entrevistas, observação e análise de documentos. Após apuração dos custos da atividade leiteira entre os meses de abril de 2018 e março de 2019, e dos custos e despesas necessários para a realização do investimento, projeções foram realizadas em um período de dez anos. A partir destas, analisou-se a relação custo/volume/lucro, bem como se apurou o valor presente líquido, payback simples e descontado, ROI e TIR, obtendo, em todas elas, resultados satisfatórios, tornando o investimento viável.