Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1050
Title: O protagonismo infantil e as estratégias de ensino que o favorecem em uma turma da Educação Infantil
Authors: Schneider, Mariângela Costa  Lattes
Keywords: Educação Infantil;Estratégias de ensino;Protagonismo infantil;Planejamento;Professora de Educação Infantil
Date of Defense: 25-Jun-2015
Issue Date: Aug-2016
Citation: SCHNEIDER, Mariângela Costa. "O protagonismo infantil e as estratégias de ensino que o favorecem em uma turma da Educação Infantil". 2015. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ensino, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 25 jun. 2015. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/1050>.
Abstract: Esta dissertação aborda a temática do Protagonismo Infantil – um dos Princípios do Planejamento no Enfoque Emergente –, oriundo dos estudos das Escolas de Educação Infantil de Reggio Emília/Itália. A escrita está pautada em autores como Malaguzzi (1999), Rinaldi (2002, 1999, 2012, 2014), Silva (2011), Horn (2004), Barbosa e Horn (2008), Sacristán (2005), entre outros, entende-se a criança como Protagonista ativa de seu próprio crescimento, capaz de envolver-se de maneira participativa nos seus processos de aprendizagem. Assim, traçou-se como objetivo para esta pesquisa “Conhecer e analisar as Estratégias de Ensino potencializadoras do Protagonismo Infantil utilizadas por uma Professora da Educação Infantil como um princípio favorecedor da aprendizagem junto às crianças de quatro a cinco anos”. O estudo foi realizado junto a uma Professora de Educação Infantil, de uma escola de Educação Infantil Municipal, Lajeado/RS, observando a sua atuação e a forma como favoreceu o Protagonismo Infantil junto à turma de crianças de quatro a cinco anos na qual atua. A investigação buscou pressupostos da metodologia da pesquisa-ação com o propósito de interagir com a Professora investigada, o que possibilitou conhecer e registrar o que foi sendo percebido durante a pesquisa. Como instrumentos de pesquisa, utilizou-se de entrevistas semiestruturadas, de observação participante, de um diário de campo para fazer o registro das observações, bem como de filmagens e fotografias. Vale destacar que o trabalho que tem como base o Protagonismo Infantil pode ser um favorecedor do Ensino e da Aprendizagem das crianças. Esta pesquisa revela as formas como esta Professora de Educação Infantil organizou o seu Planejamento. Foi possível perceber que, ao mesmo tempo em que as Estratégias de Ensino favoreciam o Protagonismo Infantil, as mesmas foram favorecidas por ele. A Docente foi construindo um Planejamento pautado nas seguintes Estratégias de Ensino: Investigação e Documentação; Escuta e Participação das Famílias. O espaço da sala de aula, apesar de limitado, não foi um limitador ao trabalho desenvolvido por essa Professora, uma vez que as próprias limitações foram utilizadas como propulsoras do Protagonismo Infantil. A presente pesquisa vem a trazer acréscimos à Educação Infantil, uma vez que, além de demonstrar formas de favorecer o Protagonismo Infantil, abre possibilidades de refletir sobre o planejar para e com as crianças – o que traz mais significado ao planejamento.
This dissertation covers the thematic of Child Protagonism –one of the Principles in Emerging Focused Planning – that originated from Child Education Schools in Reggio Emilia/Italy. The text follows authors such as Malaguzzi (1999), Rinaldi (2002, 1999, 2012, 2014), Silva (2011), Horn (2004), Barbosa & Horn (2008), Sacristán (2005), among others, understanding children as active Protagonists in their own nurturing, capable of getting involved in a participative fashion in their learning processes, an objective was laid out for this research “Learn about and analyze the Teaching Strategies driven towards the principle of Child Protagonism employed by a Child Education Teacher as a principle that favors teaching with children aged four to five”.The study was carried out with a Child Education Teacher working in the municipality of Lajeado/RS, at a Municipal Child Education school, by observing her performance and the way in which she favors Child Protagonism with the class of four to five year old children where she works. the investigation sought presumptions of the research-action methodology with the purpose of interacting with the teacher being investigated, which allowed to learn about and record what was observed during the research. The research instruments I used were semistructured interviews, participative observation following the Teacher’s practice with the children, a field log to record the observations, and also filming and photographing. It should be pointed out that a job that is based on Child Protagonism can be in favor of children Teaching and Learning. This research shows how that teacher organized her planning. It was possible to notice that just as the Teaching Strategies favored Child Protagonism, the former was also favored by the latter. The Teacher built the Planning scripted under the following Teaching Strategies: Investigation and Documentation; Listening by and Participation of the Families. The classroom space, although limited, was not a restrainer for the work developed by that Teacher, since the limitations themselves were used as boosters of Child Protagonism. This research brings about additions to Child Education, since it not only shows ways to favor Child Protagonism, it opens up possibilities for a reflection on planning for and with the children – which brings further significance to planning.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1050
Appears in Collections:Ensino

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015MariangelaCostaSchneider.pdf2,63 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons