Formação específica dos professores indígenas Krikati e a prática pedagógica bilíngue

Imagem em miniatura
Data
2016-08
Autores
Dias, Aparecida de Lara Lopes
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
Esta pesquisa trata sobre formação dos professores indígenas e a prática pedagógica bilíngue. A mesma buscou investigar as contribuições da formação específica dos professores Krikati na prática pedagógica bilíngue. Para tanto, foi preciso conhecer a educação do povo Krikati em espaços não formais de aprendizagens, investigar como se dá a formação dos professores em espaços não formais de aprendizagens, averiguar os processos de ensino e de aprendizagem na formação específica e conhecer a prática pedagógica bilíngue dos professores Krikati. Caracterizando-se como sendo uma aproximação de um estudo de caso, a pesquisa envolveu quatro professores e um idoso do povo Krikati. Na fundamentação contou-se com: Baniwa (2006), Meliá (1979; 2000; 2008), Grupioni (2005) e Silva (1998) que, entre outros, contribuíram para que se distinguisse e se caracterizasse a educação indígena e a educação escolar dando ênfase, principalmente, ao saber tradicional como elemento importante para o diálogo entre ambos. A observação participante, a entrevista semiestruturada e o diário de campo foram os instrumentos utilizados para coleta de dados. Os dados, verbais e simbólicos, foram analisados através de Análise de Conteúdo. Como resultados, destaca-se o aprendizado da escrita materna dos professores a partir da formação e a escolha desta para alfabetização dos alunos Krikati, confirmando que a construção de uma educação escolar específica, diferenciada, intercultural e bilíngue perpassa pela formação dos professores.
This research deals with the training of indigenous teachers and bilingual teaching practice. The same was to investigate the contributions of specific training of teachers in Krikati bilingual teaching practice. Therefore, it was necessary to know the education Krikati people in non-formal spaces of learning, investigate how the training of teachers in non-formal spaces of learning, assess the processes of teaching and learning in specific training and meet the educational bilingual practice Krikati of teachers. Characterized as being an approximation of a case study, the research involved four teachers and elderly people Krikati. In the grounds counted on: Baniwa (2006), Meliá (1979; 2000; 2008), Grupioni (2005) and Silva (1998) which, among others, contributed to the distinguish and characterize indigenous education and school education emphasizing mainly to traditional knowledge as an important element for dialogue between them. The participant observation, semi-structured interviews and field diary were the instruments used for data collection. The data, verbal and symbolic, were analyzed using content analysis. As a result, there is the learning of mother writing teachers from the training and take this to Krikati literacy of students, confirming that the construction of a specific school education, differentiated, intercultural and bilingual permeates the training of teachers.
Descrição
Palavras-chave
Educação indígena, Educação escolar indígena, Formação de professores indígenas krikati, Prática pedagógica bilíngue Krikati
Citação
DIAS, Aparecida de Lara Lopes. Formação específica dos professores indígenas Krikati e a prática pedagógica bilíngue. 2015. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ensino, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 11 dez. 2015. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1053.
Coleções