Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1073
Title: Investigação do papel da interaçao dos genes PRNP- NCAM1 nos transtornos por uso de substâncias e no transtorno de déficit de atenção/ hiperatividade
Authors: Girardi, Pricila  Lattes
Keywords: TDAH;PRNP;NCAM1;Dependência de álcool e uso de nicotina
Date of Defense: 25-Feb-2016
Issue Date: Jul-2016
Citation: GIRARDI, Pricila. "Investigação do papel da interaçao dos genes PRNP- NCAM1 nos transtornos por uso de substâncias e no transtorno de déficit de atenção/ hiperatividade". 2016. Dissertação (Mestrado) – Curso de Biotecnologia, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 25 fev. 2016. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/1073>.
Abstract: Introdução: O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é uma desordem comportamental comum em crianças e que pode persistir na idade adulta. Ele caracteriza-se por sintomas persistentes de desatenção, hiperatividade e impulsividade. Além disso, uma proporção significativa dos pacientes com TDAH também apresenta outras comorbidades envolvidas, especialmente os transtorno por uso de álcool e nicotina. Diversos estudos moleculares têm sido realizados na busca pelos genes envolvidos com o TDAH e alguns estudos têm apontando que fatores genéticos de susceptibilidade ao TDAH são também importantes na dependência de álcool e no uso de nicotina. Objetivo: O objetivo deste estudo é investigar a influência da interação dos polimorfismos rs1799990, no gene PRNP, e rs965560, no gene NCAM1, no TDAH e nas dependências de álcool e nicotina. Metodologia: As amostras foram compostas por pacientes com TDAH, 431 crianças e 535 adultos, 130 homens dependentes de álcool, 639 indivíduos adultos da população geral e 77 crianças controles. Os polimorfismos foram genotipadas através do sistema de discriminação alélica TaqMan. As análises estatísticas envolveram o teste do qui- quadrado, ANOVA e, para o teste da interação gene-gene sobre a susceptibilidade aos transtornos, foram utilizados modelos lineares gerais. Resultados: Não foram detectadas interações significativas entre os polimorfismos investigados sobre a susceptibilidade ao TDAH e às dependências de álcool e nicotina. Foi observada uma associação entre o alelo A do polimorfismo rs1799990 com o TDAH na infância (p=0,04). Em adultos com TDAH, indivíduos heterozigotos AG apresentaram uma maior frequência de transtorno opositor desafiante (TOD) (p=0,017), assim como escores médios dos sintomas de TOD significativamente maiores (p=0,012), em comparação aos indivíduos homozigotos GG. Não foram detectadas associações significativas para o polimorfismo rs965560 com nenhuma das variáveis investigadas. Conclusão: Nossos resultados indicam que o polimorfismo rs1799990 pode estar associado com o TDAH na infância e com a presença de TOD em adultos com TDAH. Esses resultados, no entanto, são preliminares e não foram testados para múltiplos testes.
Introduction: Attention deficit hyperactivity disorder (ADHD) is a common behavioral disorder in children that can persist into adulthood. It characterized by persistent symptoms of inattention, hyperactivity and impulsivity. Moreover, a significant proportion of patients with ADHD present other comorbidities, especially alcohol dependence and nicotine use. Several molecular studies have been employed in the search for the genes involved in ADHD and some studies have pointed that susceptibility genetic factors of ADHD are also important in alcohol dependence and nicotine use. Objective: The objective of this study is to investigate the influence of the interaction between the polymorphisms rs1799990, in the PRNP gene, and rs965560, in the NCAM1 gene, on the susceptibility to ADHD and alcohol and nicotine dependence. Methods: Samples were composed by patients with ADHD, 431 children and 535 adults, 130 alcohol dependent men, 639 adults from the general population and 77 children controls. The polymorphisms were genotyped by the TaqMan allelic discrimination system. The statistical analysis involved the chi- square test, ANOVA and, for the gene-gene interaction tests, general linear models were used. Results: There were no significant interactions between the polymorphisms investigated on the susceptibility to ADHD and to alcohol and nicotine dependences. An association between the A allele of rs1799990 polymorphism and ADHD in childhood (p=0.04) was observed. In adults with ADHD, individuals heterozygous AG had a higher frequency of oppositional defiant disorder (ODD) (p=0.017) and higher mean scores of symptoms of ODD (p=0.012), when compared to homozygous GG. No significant associations were found for the rs965560 polymorphism with the investigated variables. Conclusion: Our results indicate that the polymorphism rs1799990 may be associated with ADHD in childhood and with the presence of ODD in adults with ADHD. These results, however, are preliminary and were not tested for multiple testing.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1073
Appears in Collections:Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016PricilaGirardi.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons