Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1097
Title: Movimentações de populações Guarani, séculos XIII ao XVIII – Bacia Hidrográfica do Rio Taquari, Rio Grande do Sul
Authors: Kreutz, Marcos Rogério  Lattes
Keywords: Deslocamentos;Guarani;Ambiente;Pré-Colonial;Pós-Contato
Date of Defense: 12-Jan-2016
Issue Date: Sep-2016
Citation: KREUTZ, Marcos Rogério. Movimentações de populações Guarani, séculos XIII ao XVIII – Bacia Hidrográfica do Rio Taquari, Rio Grande do Sul. 2016. Monografia (Doutorado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 12 jan. 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1097.
Abstract: Estima-se que o processo de colonização Guarani, na porção territorial Vale do Taquari, drenada pela Bacia Hidrográfica do Rio Taquari, Estado do Rio Grande do Sul tenha iniciado por volta do século XIII. Datações radiocarbônicas realizadas em sítios arqueológicos demonstram que a ocupação fora ao longo de pelo menos seis séculos. Até princípios do século XVII, os Guarani colonizaram o espaço, não de forma homogênea ou exclusiva, fixando-se nas planícies ao longo dos rios e arroios da bacia, promovendo deslocamentos comuns à sua cultura. A partir da década de 1630, os deslocamentos Guarani, passam a sofrer pressões externas, em função da vinda de jesuítas espanhóis, de bandeirantes paulistas e, mais tarde, de imigrantes europeus e seus descendentes. O objetivo do presente estudo é demonstrar os fatores que interferiram nos processos de territorialização e desterritorialização dos Guarani no Vale do Taquari, pré e pós-contato, passando por quatro fases: a significativa ocupação, a redução, reocupação e a ausência de aldeias no referido espaço. Optou-se pela metodologia qualitativa-descritiva, e os instrumentos metodológicas foram: a pesquisa bibliográfica, documental e atividades de campo. Embora tenha-se avançado nos estudos em relação ao referido grupo, constata-se que existem muitas lacunas ainda para serem preenchidas sobre à colonização de indígenas Guarani no espaço Vale do Taquari, dessa forma, como resultado espera-se apresentar os deslocamentos Guarani em dois momentos, pré e pós-contato com o colonizador europeu, bem como contribuir para a formação de uma consciência para preservação do patrimônio arqueológico e histórico.
It is estimated that the Guarani colonization process, at the Taquari Valley territory, Taquari River Hydrographic Basin, State of Rio Grande do Sul, have started around the XIII century. Radiocarbon dating carried out in archaeological sites demonstrates that the occupation had lasted for at least six centuries. To the beginning of the XVII century, the Guarani populations colonized the space in a non-homogeneous and non-exclusive way. They would rather establish settlements along the rivers and streams of the hydrographic basin followed and then promote movements, common to their culture. From the 1630 decade, the Guarani movements started to be influenced by external pressure, because of the arrival of the spanish jesuits, the paulistan settlers, and later the european immigrants and their descendants. The aim of this study is to demonstrate which factors have influenced the Guarani’s processes of territorialization and deterritorializing at the Taquari Valley, pre and post-contact, analyzing four phases: significant occupation, reduction, reoccupation and the lack of settlements in the referred territory. A qualitative–descriptive methodology has been chosen, and the utilized methodological tools were bibliographical research, documentation and field trips. In spite of the progress made on studies of the referred group, there are many gaps still to be solved about the Guarani indigenous colonization of the Taquari Valley area. Therefore, as a result it is expected to show the Guarani movements in two periods, pre and post-contact with the european colonizers, as well as to contribute for building awareness around the importance of preserving archaeological and historical heritage.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1097
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016MarcosRogerioKreutz.pdf27,12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons