Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1217
Title: Comparação da capacidade funcional em mulheres antes e após a participação em um programa de reeducação alimentar
Authors: Gonçalves, Indianara Cristina
Keywords: Obesidade;Capacidade funcional;Mulheres
Date of Defense: 27-Oct-2015
Issue Date: Jan-2017
Citation: GONÇALVES, Indianara Cristina. Comparação da capacidade funcional em mulheres antes e após a participação em um programa de reeducação alimentar. 2015. Artigo (Graduação) – Curso de Educação Física - Bacharelado, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 27 out. 2015. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1217.
Abstract: O estudo teve como objetivo comparar a capacidade funcional (CF) em mulheres antes e após a participação em um programa de reeducação alimentar e de exercícios físicos. A amostra, constituída por 794 participantes, apresentou melhoras significativas após a intervenção nas variáveis CF, massa corporal (MC), IMC e perímetro abdominal. Através do estudo longitudinal retrospectivo, aliado à aplicaçao do questionário HAQ 20, foi possível concluir que houve melhora do grupo nas variáveis citadas, sobretudo na CF, após a participação no programa. Com a análise dos dados, constatou-se que reduzir mais ou menos MC e ser mais ou menos ativo não foram fatores determinantes para a melhora ou piora da CF. Em contrapartida, a idade e a categoria de IMC em que se encontram os sujeitos interfere nos resultados, uma vez que os indivíduos mais velhos e com maior IMC apresentaram pior CF.
The study sought to compare the functional capacity of women before and after participating in a food reeducation program and practicing physical activities. The 794 participant sample presented significant improvement after the intervention in the functional capacity, body mass index (BMI) and abdominal circumference. Through the prospective longitudinal study, associated with the application of a questionnaire (HAQ 20), it was possible to conclude that the group had significant improvement related to the variables previously mentioned, especially in the functional capacity, after participating in the program. Analyzing the data, we concluded that the level of body mass reduction and practicing more or less exercises were not determinant factors to improve or not the functional capacity. On the other hand, the individual’s age and BMI category interfere in the results, considering that the older people with higher BMI presented worse functional capacity.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1217
Appears in Collections:Educação Física - Bacharelado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015IndianaraCristinaGonçalves.pdf2,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons