Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1247
Title: Análise da sinergia de resíduos agroindustriais submetidos à biodigestão anaeróbia visando geração de biogás para aproveitamento energético
Authors: Hasan, Camila
Keywords: Dejeto suíno;Energia renovável;Tratamento anaeróbio
Date of Defense: 30-Jun-2016
Issue Date: Jan-2017
Citation: HASAN, Camila. "Análise da sinergia de resíduos agroindustriais submetidos à biodigestão anaeróbia visando geração de biogás para aproveitamento energético". 2016. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 30 jun. 2016. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/1247>.
Abstract: A necessidade de diversificar as fontes de energia, como alternativa à dependência do consumo de combustíveis não renováveis, vem ampliando a participação das energias renováveis no suprimento da crescente demanda energética mundial. Além disso, o tratamento de resíduos orgânicos gerados pelas atividades produtivas impõe desafios a serem superados. Diante deste cenário, a avaliação da sinergia de resíduos agroindustriais que, combinados, possam gerar biogás de qualidade para utilização como fonte energética, se apresenta como uma proposta para a viabilização da implantação de um biodigestor. Este estudo teve como objetivo analisar o comportamento de resíduos agroindustriais, oriundos de uma Cooperativa do Vale do Taquari, submetidos ao processo de biodigestão anaeróbia visando à obtenção de biogás para fins energéticos, bem como, a redução de cargas orgânicas das biomassas submetidas ao tratamento. O experimento foi focado na variação do percentual de dejeto suíno em uma mistura de lodos de estações de tratamento da indústria alimentícia, possibilitando a avaliação de sua interferência ou contribuição na quantidade e qualidade do biogás gerado, uma vez que este resíduo é produzido em maior volume e possui grande aplicabilidade em processos de digestão anaeróbia. Para tanto, foram avaliadas 11 triplicatas de experimentos em escala laboratorial, variando o percentual de participação do dejeto suíno em uma escala de 0 a 100%, respeitando intervalos de 10%. Os resultados obtidos indicaram variação no tempo de detenção hidráulica (TDH) necessário para a completa degradação das misturas, sendo que, quanto maior a participação do dejeto suíno, menor foi TDH. Os volumes médios de biogás obtidos pelas triplicatas avaliadas variaram de 3.374mL a 17.395mL, com percentuais de metano que oscilaram entre 57,9% e 71,1%. De modo geral, os maiores valores de biogás resultaram das misturas com menor percentual de dejeto suíno, no entanto, a melhor eficiência na produção de biogás e metano considerando o TDH foi obtida pela mistura de 60% de dejeto suíno. A sinergia entre os substratos combinados foi positiva, superando a eficiência da geração de biogás, quando comparada ao desempenho do dejeto suíno, por exemplo, que é uma biomassa tipicamente empregada para a geração de biogás, sendo também produzida em maior volume pela cooperativa. Além disso, as biomassas, quando submetidas ao tratamento anaeróbio apresentaram redução significativa nas cargas de Demanda Química de Oxigênio e Demanda Bioquímica de Oxigênio em relação aos lodos avaliados de forma isolada, da maneira como comumente são dispostos em solo. Em função disso, além da recuperação energética obtida pelo aproveitamento do biogás, a implantação de um biodigestor acarretaria benefícios ambientais decorrentes da redução das cargas poluidoras, que acabam sendo depuradas no tratamento e não diretamente no ambiente.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1247
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016CamilaHasan.pdf3,86 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons