Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1260
Title: Aplicação da metodologia de gestão do posto de trabalho em uma indústria de alimentos: um estudo de caso
Authors: Trindade, Fabiano
Keywords: Sistema Toyota de Produção;Teoria das Restrições;Gestão do posto de trabalho;Índice de Rendimento Operacional Global;Competitividade
Date of Defense: 30-Jun-2016
Issue Date: Jan-2017
Citation: TRINDADE, Fabiano. Aplicação da metodologia de gestão do posto de trabalho em uma indústria de alimentos: um estudo de caso. 2016. Monografia (Graduação em Engenharia de Produção) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 30 jun. 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1260.
Abstract: Com os mercados cada vez mais globalizados, acirrando a concorrência entre as empresas, cabe às organizações buscarem formas para se tornarem mais competitivas. Diante de tal problemática, uma das maneiras das organizações se diferenciarem consiste na aplicação de um modelo de gestão que proporcione a utilização de seus ativos (pessoas, máquinas e equipamentos) de forma mais eficiente, reduzindo os custos produtivos por meio do melhor aproveitamento da capacidade instalada. Sustentada no Sistema Toyota de Produção (STP) e na Teoria das Restrições (TOC), a metodologia de gestão do posto de trabalho (GPT) busca auxiliar as empresas na melhoria da eficiência produtiva sem a necessidade de grandes investimentos, e faz o uso do Índice de Rendimento Operacional Global (IROG) para identificar os principais motivos de ineficiência das linhas produtivas, visando a elaboração de planos de ações que busquem melhorar estes índices. O presente trabalho visa buscar a implementação da GPT, identificar os gargalos do sistema produtivo, medir o IROG e propor ações para elevar a capacidade produtiva da linha de produção. Vale ressaltar que, como objeto de estudo, utilizou-se uma linha de produção de condimentos de uma empresa localizada em Arroio do Meio, Rio Grande do Sul.
With the increasingly globalized markets, narrowing the concurrence between companies, the organizations task is to search new ways to become more competitive. Facing such issue, one of their many ways to distinguish one from another, consists on the application of a management model that provides the utilization of its assets/actives such as people, machines and equipment in more efficient ways, reducing the productive expenses through a better use of the installed capacity. Based on the Toyota Production System (TPS) and the Theory of Constrains (TOC), the Workstation Management pursues helping the companies improving the productive efficiency without requiring big investments and using the Global Operating Income Index (GOII) to identify the main reason of the productive lines inefficiency, aiming the elaboration of action plans that seek the improvement of this index. This paper aims to seek the GPT implementation, identify the productive system, improve the GOII and propose actions to rise the productive capacity of the production line. It is worth mentioning that, the object of study is a condiment production line of a company located in Arroio do Meio, Rio Grande do Sul.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1260
Appears in Collections:Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016FabianoTrindade.pdf2,38 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons