Ensino de Geociências na Educação Básica: uma análise dos planos de estudos de uma rede municipal de ensino

Imagem em miniatura
Data
2017-06
Autores
Silva, Rosane Pereira da
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
O currículo é constituído por temas selecionados a partir de um universo mais amplo de conhecimentos e saberes. Considerando que o Currículo transmite o que as instituições de ensino pretendem com suas ações, as teorias que o sustentam buscam justificar porque ele deve ser aplicado em determinado contexto. Com base nessa premissa, teóricos defendem que nele são apontados elementos diversos como: significantes, significados, sons, imagens, conceitos, falas, línguas, posições discursivas, representações, metáforas, metonímias, ironias, invenções, fluxos, cortes. Tais componentes evidenciam a importância da reflexão na organização do Currículo, já que ele expressa uma realidade institucional, demandando uma construção coletiva dos sujeitos envolvidos no cenário institucional. Dessa forma, o Currículo se manifesta no conjunto de diferentes documentos nas instituições escolares, entre eles o plano de estudos (PE) das disciplinas, onde são elencados principalmente os conteúdos e os objetivos que serão trabalhados anualmente em cada uma das unidades curriculares. Uma das temáticas que não está claramente expressa nos documentos escolares são as Geociências. Diante do exposto, delimita-se o problema central que alicerça o presente estudo: “Por meio de quais temas, em quais disciplinas e em quais anos são abordados os conteúdos de Geociências do Ensino Fundamental da rede municipal de educação do município de Encantado, Vale do Taquari?”. O processo metodológico foi baseado na análise dos PE de Ciências, Geografia e História de seis escolas públicas do município de Encantado, Vale do Taquari, Rio Grande do Sul, Brasil. A partir da utilização dos procedimentos de Análise Documental foi definida a presença ou ausência dos eixos propostos pelos Parâmetros Curriculares Nacionais que tratam especificamente das Geociências para este nível de ensino e dos objetivos presentes na Base Nacional Comum Curricular que são relacionados às Geociências. Os dados foram avaliados por meio da Análise de Conteúdo, a partir da qual se definiram categorias de frequência. Posteriormente, com a análise dos PE, verificou-se que as Geociências são abordadas de forma bastante ampla, não havendo claro aprofundamento da temática. Observou-se, ainda, que, no município estudado, os temas relacionados às Geociências aparecem apenas no segundo ciclo do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), não havendo referência a eles no primeiro ciclo do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano).
Curriculum derives from topics chosen from a wider knowledge context. Taking in account that the curriculum that shows what the scholars pretend with their actions, the Curriculum Theories try to justify its application in a specific context. Based on that premise, researches argue that different aspects can be pointed out in the curriculum, like: signifiers; meanings; songs; images; concepts; speaks; languages; discursive views; representations; metaphors; metonymies; ironies; inventions; fluxes; cuts. That components demonstrate the significance of think over the curriculum construction, considering that it reflects an institutional reality and demands a collective construction, involving the subjects of such institution. In that way, is accepted that the curriculum appears in diverse documents from the institutions, including the course syllabus. Mainly topics to be discussed and aims that will be reached during the scholar year are presented. However, one of the issues that are not commonly cited in such documents, is Geosciences. Considering that, the following research question is presented: “What are the topics, subjects and years in which the Geosciences are present in the public (municipal) elementary school from Encantado, Rio Grande do Sul, Brazil?”. The methodological procedures were based on the analyze of Science, Geography and History course syllabus from the public (municipal) elementary schools from Encantado, a municipality located in the Vale do Taquari region, Rio Grande do Sul State, Brazil. Using Documental Analysis procedures, the presence or absence of the Geoscience redlines and aims suggested for the elementary school by the Brazilian Curriculum Parameters. The data were evaluated using the Content Analysis approach, constituting frequency categories. Based on the results, it was possible to confirm that Geosciences are not mentioned in the “first cycle” (first to fifth year) and are not deeply discussed “second cycle” (sixth to ninth year) in the elementary school from the studied locality.
Descrição
Palavras-chave
Currículo, Educação Básica, Geociências, Planos de estudos
Citação
SILVA, Rosane Pereira da. Ensino de Geociências na Educação Básica: uma análise dos planos de estudos de uma rede municipal de ensino. 2017. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ensino, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 23 fev. 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1573.
Coleções