Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1599
Title: Imigrantes italianos e seus descendentes na microrregião oeste do Vale do Taquari: história ambiental e práticas culturais
Authors: Trombini, Janaíne  Lattes
Keywords: Italianos e seus descendentes;História ambiental;Cultura;Vale do Taquari
Date of Defense: 15-Dec-2016
Issue Date: Jul-2017
Citation: TROMBINI, Janaíne. "Imigrantes italianos e seus descendentes na microrregião oeste do Vale do Taquari: história ambiental e práticas culturais". 2016. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 15 dez. 2016. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/1599>.
Abstract: Os imigrantes italianos que chegaram a partir das últimas décadas do século XIX no Rio Grande do Sul atuaram com atividades agropecuárias situados na porção territorial na encosta superior do planalto, entre os vales do rio Caí e do rio das Antas. Após esta ocupação, os imigrantes italianos avançaram sobre novas terras e a partir do final da década de 1880, estabeleceram-se em áreas que posteriormente passaram a denominar-se Vale do Taquari. O trabalho tem como objetivo analisar aspectos relacionados à história ambiental e práticas culturais dos italianos e de seus descendentes na Microrregião Oeste da Região Vale do Taquari. A metodologia é qualitativa e os procedimentos metodológicos consistiram em revisão bibliográfica sobre a colonização italiana e o levantamento e análise de fontes documentais em Arquivos de Porto Alegre, Lajeado e Progresso. Também realizou-se pesquisa de campo e elaboração de diários, entrevistas com base na metodologia da História Oral e registros fotográficos com as famílias de produtores rurais descendentes de italianos dos municípios de Progresso, Pouso Novo, Travesseiro e Marques de Souza. Os resultados da pesquisa, tomando como base de análise teóricos da história ambiental, cultura e etnicidade, apontaram que os imigrantes italianos e seus descendentes, tanto em territórios do Rio Grande do Sul quanto da Microrregião Oeste do Vale do Taquari, desde a ocupação inicial até a atualidade estabeleceram relações de maior ou menor impacto com o ambiente como é o caso do desmatamento, queimadas, rotação de terras e o uso de agrotóxicos para as atividades agropecuárias. Además, mantiveram e atualizaram elementos culturais italianos relacionados a agricultura, pecuária, alimentação, festividades, religiosidade e lazer.
The Italian immigrants who arrived in the last decades of the nineteenth century in Rio Grande do Sul worked with agricultural activities located in the territorial portion on the upper slopes of the plateau between the valleys of Caí River and the Antas River. After this occupation, the Italian immigrants moved into new lands and from the end of the 1880s, settled in areas that later came to be known as Vale do Taquari. This work aims to analyze aspects related to environmental history and cultural practices of the Italians and their descendants in the Microregion West of Region Taquari Valley. The methodology is qualitative and methodological procedures consisted of a literature review about the Italian colonization, the survey and analysis of documentary sources in Archives of Porto Alegre, Lajeado and Progresso. Also held field research and preparation of journals, interviews based on the methodology of Oral History and photographic records with the families of the Italian descendants farmers in the municipalities of Progresso, Pouso Novo, Travesseiro and Marques de Souza. The reaserch results, taking as basis of analysis, theorists of environmental history, culture and ethnicity, pointed out that the Italian immigrants and their descendants, both in Rio Grande do Sul territories as well as the Microregion West Taquari Valley, from the initial occupation to the present have been established relations of higher or lower impact on the environment such as deforestation, forest fires, land rotation and the use of pesticides for agricultural activities. Besides that, maintained and updated Italian cultural elements related to agriculture, livestock, food, festivities, religion and leisure.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1599
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016JanaineTrombini.pdf4,77 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons