Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1635
Title: Análise do fotoenvelhecimento dos idosos do Vale do Taquari
Authors: Leão, Odith da Silva  Lattes
Keywords: Idosos;Fotoenvelhecimento e protetor solar
Date of Defense: 11-Mar-2016
Issue Date: Aug-2017
Citation: LEÃO, Odith da Silva. "Análise do fotoenvelhecimento dos idosos do Vale do Taquari". 2016. Artigo (Especialização) – Curso de Estética e Saúde, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 11 mar. 2016. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/1635>.
Abstract: O aumento da expectativa de vida da população em geral, juntamente com a queda das taxas de natalidade, deu origem ao fenômeno do envelhecimento populacional, que gera preocupação à medida que são identificados aspectos negativos à saúde na faixa etária idosa. Neste sentido o referido projeto tem o objetivo analisar o fotoenvelhecimento com o uso de protetor solar de idosos de três municípios da região do Vale do Taquari. Para tal, utilizaremos o banco de dados do projeto de extensão do Universidade do Vale do Taquari Univates, intitulado Ações Sociais e de Saúde em Gerontologia (ASSG). Os idosos da região do Vale do Taquari tem um grau de fotoenvelhecimento coerente com sua faixa etária e com correlação positiva quanto ao uso do protetor solar e seu histórico de atividade laboral. O objetivo primário é analisar o fotoenvelhecimento com o uso de protetor solar de idosos de três municípios da região do Vale do Taquari. Desta forma podemos correlacionar o fotoenvelhecimento da pele com o uso de protetor solar, idade, sexo e histórico de atividade laboral. Que o estudo possibilite maior subsidio para novas pesquisas acerca do assunto e ainda, para gestores públicos pensarem em políticas de prevenção e promoção da saúde dos idosos do Vale do Taquari. Este trabalho foi elaborado através de um banco de dados do projeto de extensão do Universidade do Vale do Taquari Univates, os resultados foram tratados e dispostos em gráficos. Foram avaliados no referido trabalho um total de 180 idosos com uma média de 69 anos de idade, sendo que destes 29 são do sexo masculino e 151 do sexo feminino. Inicialmente o estudo teve a finalidade de investigar o fototipo desta população. Os resultados mostraram conforme figura 1 que dos 180 idosos avaliados 93% apresentaram tipo IV e apenas 7% tipo III. Dentre os fatores relevantes junto aos resultados aferidos na avaliação do fototipo desta população, destaca-se o uso diário do protetor solar. Neste sentido, por conseguinte, analisou-se os idosos quanto ou uso ou não do protetor solar e com qual periodicidade. A partir do gráfico 2 se pode verificar que somente 27,5% dos 180 idosos analisados fazem uso diário do protetor solar, enquanto que 28,3% refere não fazer uso e 44% usam eventualmente. Levando em consideração o fato de que idosos que desenvolveram atividade laboral no âmbito rural tem maior propensão de receber radiação solar, avaliamos se os idosos do estudo provinham de um ambiente rural ou urbano. A partir dos resultados do gráfico 3 podemos analisar que 54% destes são da área urbana e 46% da área rural. Com o presente estudo pode-se observar que existem multiplus fatores associados ao processo de envelhecimento: fatores moleculares, celulares, sistêmicos, comportamentais, cognitivos e sociais. Estes interagem e regulam tanto o funcionamento típico quanto o atípico do indivíduo que envelhece. O uso de protetores solares pelos idosos estudados ainda é inferior ao desejado, muito embora reflita os hábitos da população brasileira em geral. O conhecimento dos riscos de exposição solar, bem como o habito do uso de protetores solares, tanto no âmbito rural e urbano, deve ser intensificado para minimizar o aumento de casos de cânceres da pele que vem se alastrando a cada ano. É fundamental que o profissional, assim como os próprios idosos, seus familiares e cuidadores tenham uma visão integrada destes fenômenos. O fotoenvelhecimento se dá em função da radiação ultravioleta, que varia sazonalmente e de acordo com a localização geográfica e condições climáticas o dano solar causado na pele é acumulativo. Estudos demonstraram que as incidências de radiação solar sobre a pele causam efeitos negativos e o envelhecimento prematuro. Contudo, o uso de fotoprotetores é primordial para a manutenção e prevenção do fotoenvelhecimento. É preciso que as autoridades sanitárias e os governos se mobilizam e dêem a devida importância, não só para o tratamento, mas também para a prevenção e esclarecimento da população em geral.
The increase in life expectancy of the general population, coupled with falling birth rates, giving rise to the phenomenon of population aging, which raises concerns as they are identified negative aspects to health in old age. In this sense, this project aims to analyze the photoaging using sunscreen in nursing three municipalities of the Taquari Valley region. To do this, we will use the University Centre extension project database Univates entitled Social Work and Health in Gerontology (SWHG). The elderly of the Taquari Valley region has a degree of photoaging consistent with their age and positive correlation regarding the use of sunscreen and your history of labor activity. The primary goal is: to analyze photoaging using sunscreen in nursing three municipalities of the Taquari Valley region. This way we can correlate photoaging of the skin by using sunscreen, age, sex and work activity history. The study enables greater allowance for further research on the subject and also for public managers think in prevention policies and promoting the health of the elderly Taquari Valley. This work was done through an extension project of the database of the Univates University Center. The results were treated and graphed. Were evaluated in such work a total of 180 seniors with an average age of 69 years, and of these, 29 are male and 151 female. Initially the study aimed to investigate the phototype of this population. The results showed as Figure 1 that 93% of the 180 patients included had type IV and only 7% type III. Among the relevant factors together with the results obtained in the skin type assessment of this population, there is the daily use of sunscreen. In this sense, therefore, the elderly and analyzed with the use of sunscreen or not and at what frequency. From the graph 2 can be seen that only 27.5% of the 180 examined elderly make daily use of sunscreen, while 28.3% report not to use and 44% use eventually. Taking into consideration the fact that older people who developed labor activity in rural areas are more likely to receive solar radiation, we assessed whether the study of the elderly came from a rural or urban environment. From the graph 3 results we can analyze that 54% of these are urbans and 46% live in rural areas. With this study can be seen that there are multiplus factors associated with aging: molecular factors, cellular, systemic, behavioral, cognitive and social. They interact and regulate both the typical operating as atypical of the individual ages. The use of sunscreen by the studied elderly is still lower than desired, although it reflects the habits of the population in general. Knowledge of the risks of sun exposure, as well as the habit of using sunscreen, both in rural and urban areas, should be intensified to minimize the increase in cases of skin cancers, which is spreading every year. It is crucial that health professionals, as well as older people themselves, their families and caregivers have an integrated view of these phenomena. The photoaging is a function of ultraviolet radiation, which varies seasonally and according to the geographic location and weather conditions. The solar damage to the skin is cumulative. Studies have shown that the incidence of solar radiation on the skin cause negative effects and premature aging. However, the use of sunscreen is essential to the maintenance and prevention of photoaging. It is necessary that the health authorities and governments mobilize and give due importance, not only for treatment but also for prevention and clarification of the general population.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1635
Appears in Collections:Estética e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016OdithdaSilvaLeao.pdf307,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons