Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/1639
Title: Estudo sobre a influência da variação da dimensão máxima característica do agregado graúdo sobre o módulo de elasticidade do concreto
Authors: Weizenmann, Rodrigo Nicolini
Keywords: Concreto;Agregado graúdo;Dimensão máxima característica;Módulo de elasticidade
Date of Defense: 7-Jul-2017
Issue Date: Sep-2017
Citation: WEIZENMANN, Rodrigo Nicolini. Estudo sobre a influência da variação da dimensão máxima característica do agregado graúdo sobre o módulo de elasticidade do concreto. 2017. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 07 jul. 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1639.
Abstract: O concreto é um dos materiais de construção mais utilizado em estruturas no país, sendo as propriedades físicas e mecânicas preponderantes para a aplicação e dimensionamento das estruturas atualmente elaboradas. A justificativa da presente pesquisa se dá devido à ausência de informações em normas vigentes sobre influência da variação da dimensão máxima característica (DMC) do agregado graúdo sobre o módulo de elasticidade do concreto. O objetivo do trabalho é analisar resultados de ensaios a partir de traços de concreto produzidos com agregados e dimensões de brita variáveis, para poder averiguar se esses parâmetros têm influência significativa nas propriedades mecânicas do material. A partir da dosagem em laboratório de concretos com agregado graúdo de natureza basáltica e granítica, varia-se a DMC do agregado em 9,5mm e 19mm e os teores de água/cimento entre os traços elaborados segundo o método de dosagem da ABCP. Para cada traço realizou-se ensaios nas idades de 3, 7, 28, 90 e 180 dias tanto de resistência à compressão como de módulo de elasticidade. Os resultados dos ensaios possibilitaram avaliar a influência que a DMC do agregado graúdo apresenta sobre o módulo de elasticidade do concreto bem como a influência dessa peculiaridade na resistência à compressão. Com a análise dos resultados não se pode verificar diferença significativa entre os valores encontrados de módulo de elasticidade variando-se as DMC, mas significativa ao se alterar a natureza do agregado. Além disso, é possível destacar uma discrepância no que diz respeito aos valores de módulo de elasticidade encontrados com os que a norma estima a partir da resistência a compressão, sendo que o ganho observado no módulo de elasticidade, com o aumento da resistência, foi muito menor do que previsto na literatura.
Concrete is one of the most used construction materials in the country, with its mechanical and phisical proprieties being prevalent for application and design of current structures. The justification of this research is given to the lack of information in current specifications regarding the influence of the variation of maximum aggregate size (DMC) of coarse aggregate in the concrete elastic modulus. The goal of the research is to analyze tests results from concrete batches produced with variable dimensions and types of aggregate, in order to investigate whether these parameters have significant influence on the mechanical properties of the material or not. From the dosage in concrete laboratory using coarse aggregates of basaltic and granitic natures, the maximum aggregate size was varied from 9,5mm to 19mm. Also, the water-cement ratio among mix designs were elaborated according to the ABCP dosage method. For each batch, compression and elastic modulus tests were made at the ages of 3, 7, 28, 90 and 180 days. With the tests results, it was possible to evaluate the influence of the maximum aggregate size on the concrete elastic modulus, as well on the concrete’s compressive strength. The analysis did not show any significant difference among the results by varying the DMC, but by varying the aggregate’s nature. Also, there was a discrepancy between the elastic modulus values found and the ones estimated by the standards from the compressive strength values, as the gain observed in elastic modulus by increasing the compressive strength was much smaller than described in the specifications.
URI: http://hdl.handle.net/10737/1639
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017RodrigoNicoliniWeizenmann.PDF5,24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons