Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2006
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorDuzzo, Carolini Schneider-
dc.date.accessioned2018-06-18T19:54:30Z-
dc.date.available2018-06-18T19:54:30Z-
dc.date.issued2018-06-18-
dc.date.submitted2017-07-03-
dc.identifier.citationDUZZO, Carolini Schneider. A imagem pessoal como subsídio para a criação de uma coleção de moda festa: uma leitura por meio dos arquétipos. 2017. Monografia (Graduação em Design de Moda) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 03 jul. 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2006. pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10737/2006-
dc.description.abstractA escolha de um vestido de festa gera muitas dúvidas nas mulheres e os estudos de imagem pessoal sobre esse tipo de moda reservam seus espaços apenas para tratar de dress code. Com base nesses anseios realizou-se um estudo focado na Imagem e Estilo Pessoal, através de pesquisa bibliográfica e de um questionário quali-quantitativo, a fim de melhor compreender os gostos e desejos de mulheres de 18 a 30 anos, para a posterior construção de uma coleção de moda festa. Constatou-se que a maioria das mulheres define seu estilo como básico, mas que usando um vestido de festa gostariam de transmitir elegância e empoderamento. Os resultados desta pesquisa foram cruzados com o estudo arquetípico - um vocabulário universal para construção de ícones de uma marca, que funcionam como significados para os nossos desejos -, que resultou em dois arquétipos principais - o Amante e o Governante e dois secundários - o Cara Comum e o Sábio. Ao fim, após aprofundamento da pesquisa sobre os arquétipos, elegeu-se as linguagens da moda Femilinidade e Maturidade Sexual, representadas pelos decotes, cintura marcada, roupas justas e a cor vermelha para a construção da coleção de vestidos de moda festa.pt_BR
dc.description.abstractA choice of a party dress raises many questions in women and personal image studies on this type of fashion reserve their spaces only to treat the dress code. Based on these aspirations, a study focused on Personal Image and Style was carried out through a bibliographical research and a qualitative and quantitative questionnaire, an end of the best proposal and desires of women from 18 to 30 years, for the subsequent construction of a collection Fashion party. It has been found that most women define their style as basic, but they are wearing a sexy party dress to convey elegance and empowerment. The research results are cross-referenced with the archetypal study - a universal vocabulary for constructing brand icons, which serve as meanings for our desires - which result in two main architects - the Lover and the Ruler and two secondary - the Common Face and the Wise. In the end, after deepening the research on the architects, it was chosen as languages of feminine fashion and sexual maturity, represented by necklines, marked waist, tight clothes and a red color for a construction of the collection of fashionable party dresses.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectImagem Pessoalpt_BR
dc.subjectVestidos de Festapt_BR
dc.subjectArquétipospt_BR
dc.subjectLinguagens da Modapt_BR
dc.titleA imagem pessoal como subsídio para a criação de uma coleção de moda festa: uma leitura por meio dos arquétipospt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade do Vale do Taquari - Univatespt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/8314838798660443pt_BR
mtd2-br.advisor.nameSchmitt, Josiane Andréia da Costa-
bdu.cnpq.areaCSApt_BR
Appears in Collections:Design de Moda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017CaroliniSchneiderDuzzo.pdf418,13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons