Cenário estratégico internacional: a ascensão chinesa, a aproximação com a Rússia e as implicações na balança de poder mundial

Imagem em miniatura
Data
2018-09-03
Autores
Delarmelin, Daniela Marqueli
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
Tendo em vista as mudanças que ocorreram na balança de poder do Sistema Internacional (SI) no período pós-Guerra Fria, com a derrocada da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e a ascensão dos Estados Unidos da América (EUA) como única potência hegemônica, surge a necessidade de entender as novas políticas governamentais que afetam esse status quo e a estabilidade das relações internacionais. A ordem mundial liberal baseada em regras estabelecida pelos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial está sendo contestada e posta em xeque principalmente pela ascensão da China e a formação de novos polos de poder. Neste cenário, a China se coloca como um potencial candidato à superpotência internacional. Embora ainda esteja longe de alcançar os EUA, percebe-se uma maior assertividade deste país em relação aos seus interesses tanto internamente como externamente. A maior aproximação da China com a Rússia nos últimos anos pode ser entendida como uma forma de contrabalançar o poderio estadunidense e diminuir a distância de poder existente entre esses três países. Por tanto, o objetivo desta pesquisa é analisar a política externa chinesa e sua projeção de poder, a aproximação deste país com a Rússia e as implicações que a ascensão chinesa oferece à balança de poder e a ordem mundial sob enfoque neorrealista. A metodologia adotada foi a pesquisa qualitativa de caráter exploratório, que visa levantar informações através de pesquisa bibliográfica e documental sobre o tema estudado. A partir da análise, pôde-se concluir que a China e os Estados Unidos estão engajados em um processo lento de transição de poder, onde a Rússia exerce um papel fundamental como forma de contrabalançar poder e buscar diminuir as ações de contenção por parte dos EUA.
Descrição
Palavras-chave
China, Política Externa, Rússia, Balança de poder, Neorrealismo
Citação
DELARMELIN, Daniela Marqueli. Cenário estratégico internacional: a ascensão chinesa, a aproximação com a Rússia e as implicações na balança de poder mundial. 2018. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 26 jun. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2098.