Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2119
Title: O design na desconstrução dos não-lugares: movimentações para promover reflexão e transformação na ocupação do espaço público
Authors: Müller, Marina Helena
Keywords: Design participativo;Human Centered Design;Urbanismo;Intervenção;Lajeado
Date of Defense: 21-Jun-2018
Issue Date: 28-Aug-2018
Citation: MÜLLER, Marina Helena. O design na desconstrução dos não-lugares: movimentações para promover reflexão e transformação na ocupação do espaço público. 2018. Monografia (Graduação em Design) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 21 jun. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2119.
Abstract: A estrutura de uma cidade apresenta significante impacto na vida de sua população, bem como a sociedade também impacta a construção dos espaços urbanos que a rodeia. Neste trabalho, os aspectos estruturais e sociais do território urbano são relacionados e discutidos, tendo o propósito de promover a reflexão acerca do desenvolvimento e da ocupação dos espaços públicos. Ao utilizar autores que dialogam com aspectos humanos, esta pesquisa também questiona os planejamentos urbanos à distância e a priorização do automóvel, especialmente no que tange à realidade local. Ainda traz como exemplo intervenções que proporcionaram inovações sociais em outras comunidades, no contexto dos espaços públicos urbanos. Além disso, ao abordar as problemáticas do território urbano de Lajeado e o conhecimento e criatividade que o profissional de design possui para a resolução de problemas, este trabalho adota a metodologia Human Centered Design (IDEO, 2009) para realizar uma pesquisa qualitativa, na qual incluem-se entrevistas com a população, acerca de um não-lugar lajeadense - o espaço popularmente chamado de “Valão”. A partir disso, também realiza uma oficina de cocriação com a participação de pessoas da comunidade e desenvolve uma proposta de intervenção para ressignificar este não-lugar.
The structure of a city presents a significant impact on the life of its population, as well as society also impacts the construction of the urban spaces that surrounds it. In this work, the structural and social aspects of urban territory are related and discussed, with the purpose of promoting reflection on the development and occupation of public spaces. By using authors that dialogue with human aspects, this research also questions the urban planning by distance and the prioritization of the car, especially with regard to the local reality. It also brings as an example interventions that provided social innovations in other communities, in the context of urban public spaces. In addition, by approaching the problems of the urban territory of Lajeado and the knowledge and creativity that the design professional has to solve problems, this work adopts the methodology Human Centered Design (IDEO, 2009) to carry out a qualitative research, in which include interviews with the population, about a non-place of Lajeado - the space popularly called "Valão". From this, also realizes a workshop of co-creation with the participation of people of the community and develops a proposal of intervention to re-signify this non-place.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2119
Appears in Collections:Design

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018MarinaHelenaMüller.pdf14,07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons