Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2164
Title: Investigação do efeito de licofelone e de sua associação com doxorrubicina em células de adenocarcinoma de próstata LNCaP
Authors: Caye, Bruna  Lattes
Keywords: Câncer de próstata;ML3000;Doxorrubicina;LNCaP;RAW 264.7
Date of Defense: 27-Feb-2018
Issue Date: 7-Aug-2018
Citation: CAYE, Bruna. "Investigação do efeito de licofelone e de sua associação com doxorrubicina em células de adenocarcinoma de próstata LNCaP". 2018. Dissertação (Mestrado) – Curso de Biotecnologia, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 27 fev. 2018. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/2164>.
Abstract: O câncer é uma desordem hiperproliferativa que envolve a transformação morfológica celular, levando à desregulação da apoptose e de uma descontrolada proliferação celular. O câncer também está relacionado com a inflamação, sendo o microambiente inflamatório fundamental para a sobrevivência dos tumores. Atualmente o câncer de próstata é o quinto tumor maligno que mais acomete os homens em todo o mundo, e o segundo no Brasil. O Rio Grande do Sul e a cidade de Porto Alegre apresentam as mais altas taxas de incidência e mortalidade desta doença entre os estados e capitais do Brasil. Com base no exposto acima, há uma crescente e constante busca por novas alternativas e terapias para o tratamento do câncer de próstata. O presente trabalho teve como objetivo investigar o efeito do anti-inflamatório Licofelone (ML3000) assim como a sua associação com o quimioterápico Doxorrubicina frente a células de adenocarcinoma de próstata LNCaP, e sua ação em macrógafos murinos RAW 264.7. A metodologia consiste no cultivo celular, avaliação da viabilidade celular através do teste de MTT em ambas linhagens celulares. Além disso, realizou-se o teste de contagem direta com azul de Trypan, acompanhamento do crescimento celular, migração celular, expressão proteica de p38-α, caspase-3 e COX-2 na linhagem LNCaP, e a avaliação da inibição da citocina pro-inflamatória TNF-α na linhagem RAW 264.7. Nos testes de MTT e contagem direta com azul de Trypan, realizados na linhagem LNCaP, pode-se observar uma diminuição da viabilidade celular nas concentrações de doxorrubicina 1 e 0,1μM, assim como quando associada ao ML3000 em 10μM. Nota-se, também, que as respostas ao tratamento com os fármacos são dose e tempo dependentes. A expressão de p38-α e caspase-3 se apresentou diminuída, tanto na concentração de doxorrubicina em 0,1μM assim como na associação com ML3000 em 10μM. A respeito do teste de migração, não houve diferença estatística quanto aos tratamentos. Na linhagem RAW 264.7, os fármacos em estudo não diminuíram a viabilidade celular em 24 horas de tratamento, assim como não tiveram efeito sobre a inibição da produção de TNF-α. A avaliação do crescimento e da morfologia das células LNCaP, sugere uma diminuição da sua proliferação após 72 horas de tratamento, porém não foi possível propor um mecanismo de ação conclusivo para elucidar a diminuição da proliferação observada nas imagens. Diante destes resultados, a importância de testes complementares deve ser ressaltada para futura elucidação dos mecanismos envolvidos na diminuição da proliferação celular, assim como a diminuição da expressão de p38-α e de caspase 3.
Cancer is a hyperproliferative disorder that involves cellular morphological transformation, leading to the deregulation of apoptosis and uncontrolled cell proliferation. Cancer is also related to inflammation, and the inflammatory microenvironment is imperative for the survival of tumors. Currently prostate cancer is the fifth most malignant tumor that affects men worldwide, and the second in Brazil. Rio Grande do Sul and the city of Porto Alegre have the highest rates of incidence and mortality of this disease among the states and capitals of Brazil. Based on the above, there is an increasing and constant search for new alternatives and therapies for the treatment of prostate cancer. The aim of the present study is to investigate the effect of the anti-inflammatory Licofelone (ML3000) as well as its association with the chemotherapy Doxorubicin against prostate adenocarcinoma cells LNCaP, and its action on murine macrophages RAW 264.7. The methodology consists of cell culture, evaluation of the cellular viability through the MTT assay in both cell lines. Moreover, the direct count test with Trypan blue, cell growth monitoring, cell migration, protein expression of p38-α, caspase-3 and COX-2 in the LNCaP line, and the evaluation of the inhibition of proinflammatory cytokine TNF-α in RAW 264.7 cell line were performed. In the tests of MTT and direct counting with Trypan blue, carried out in the LNCaP cell line, it can be observed a decrease of cellular viability in the concentrations of doxorubicin 1 and 0,1μM, as well as when associated with the ML3000 in 10μM. It is also noted that the responses to treatment with the drugs are dose and time dependent. The expression of p38-α and caspase-3 is decreased, both in the doxorubicin concentration at 0.1 μM as well as in the association with ML3000 at 10 μM. Regarding the migration test, there was no statistical difference regarding the treatments. In the RAW 264.7 strain, the studied drugs did not decrease cell viability within 24 hours of treatment, nor did they have an effect on the inhibition of TNF-α production. The evaluation of the growth and morphology of LNCaP cells suggests a decrease in their proliferation after 72 hours of treatment, but it was not possible to propose a conclusive mechanism of action to elucidate the decrease of the proliferation observed in the images. In view of these results, the importance of complementary tests should be highlighted for future elucidation of the mechanisms involved in the reduction of cell proliferation, as well as the reduction of p38-α and caspase 3 expression.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2164
Appears in Collections:Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018BrunaCaye.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons