Análise da influência do uso e cobertura do solo na ocorrência de ilhas de calor na região central do vale do taquari

Imagem em miniatura
Data
2018-10-08
Autores
Amaro, Louise Alves
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
A expansão urbana e a consequente modificação no uso e cobertura do solo ocasionam mudanças nas características climáticas locais. Dentre essas alterações, as ilhas de calor urbano, as quais caracterizam a diferença de temperatura entre o meio urbano e rural, ganham destaque devido à influência no conforto térmico e qualidade ambiental. Para que o planejamento urbano estimule a elevação dos níveis de qualidade de vida, se faz necessário o estudo da paisagem e a compreensão das dinâmicas climáticas envolvidas no fenômeno de ilhas de calor. Nesse contexto, o uso de sensores remotos e Sistemas de Informação Geográfica - SIG se tornaram ferramentas importantes para o mapeamento do uso e cobertura do solo e a avaliação da ocorrência de ilhas de calor urbano. O presente estudo teve por objetivo mapear as mudanças do uso e cobertura do solo e da temperatura superficial dos municípios de Arroio do Meio, Colinas, Estrela, Lajeado, e Teutônia, localizados na região Central do Vale do Taquari – RS. Para tanto, utilizou-se imagens dos satélites Landsat 5 e Landsat 8, dos anos de 2004, 2009 e 2018, durante o verão. Após mapeamento da cobertura do solo e da temperatura superficial da área de estudo, verificou-se que no verão a variação de temperatura entre áreas urbanas e rurais pode chegar a 15°C, sendo as menores temperaturas encontradas em regiões periféricas e de topo de morro, enquanto as concentrações de temperatura mais elevadas foram mais perceptíveis nas regiões de maior urbanização.
Descrição
Palavras-chave
Análise de Paisagem, Temperatura Superficial, Sensoriamento Remoto, Sistemas de Informação Geográfica
Citação
AMARO, Louise Alves. Análise da influência do uso e cobertura do solo na ocorrência de ilhas de calor na região central do vale do taquari. 2018. Monografia (Graduação em Engenharia Ambiental) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 11 jul. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2226.