Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/237
Title: História ambiental do Alto Uruguai: colonização, desenvolvimento e transformações na paisagem
Authors: Martinazzo, Luana Nunes  Lattes
Keywords: Colonização;Fisionomia;História Ambiental;Alto Uruguai
Date of Defense: 11-Apr-2011
Issue Date: 23-Sep-2011
Citation: MARTINAZZO, Luana Nunes. "História ambiental do Alto Uruguai: colonização, desenvolvimento e transformações na paisagem". 2011. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 11 abr. 2011. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/237>.
Abstract: À medida que o século XXI se firma como um século de grandes alterações ambientais e ideias, as preocupações com o ambiente adquirem importância. A ampla documentação a respeito da extensão desses problemas pode ser estudada na região do Alto Uruguai, no Rio Grande do Sul. Este trabalho de pesquisa partiu da perspectiva da história ambiental a fim de contextualizar as mudanças e transformações na paisagem natural da região do Alto Uruguai, identificando incentivos dados aos colonizadores europeus, alterações na fisionomia natural e reflexos na atual percepção dos agricultores descendentes. A metodologia da pesquisa teve inspiração etnográfica. Para realizá-la, usou-se a pesquisa exploratória e analítica em documentos coletados no Arquivo Histórico Juarez Illa Font, da cidade de Erechim. Após a análise do material descrito, ensaios etnográficos foram realizados através de visitas a agricultores que vivem na região há mais de 50 anos a fim de conhecer um pouco mais a cultura desses imigrantes. Os dados da pesquisa foram destinados à compreensão de ações e do comportamento sociocultural e da relação do homem com a natureza, a fim de fornecer possíveis contribuições para ações educativas com os grupos em questão. As conclusões apontam que a fisionomia natural da região do Alto Uruguai foi modificada de forma acelerada durante o início do processo de colonização (1900 a 1960). A região do Alto Uruguai surgiu a partir de leis ambientais e preocupações com os mananciais, sendo idealizada e muito bem planejada no papel, antes mesmo da chegada dos imigrantes. No entanto, ao contrário do seu regulamento, o governo incentivava a derrubada da mata. Paralelo a isso, o governo idealizou uma miscigenação de raças, mas tendo a raça branca (descendentes de europeus) como a superior às outras existentes. Os ideais políticos do período da colonização e a relação de domínio sobre a natureza dos primeiros colonizadores estão enraizados na cultura local e vêm influenciando a relação dos atuais moradores com o meio ambiente, o que confirma a necessidade de um trabalho de educação ambiental na região.
URI: http://hdl.handle.net/10737/237
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuanaMartinazzo.pdf4,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in BDU are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.