Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2379
Title: Estudo de caso: Análise de Eficiência Energética em edificações através do método prescritivo
Authors: Bigolin, Marcos Vinícius
Keywords: Eficiência energética;Conforto térmico;RTQ-R
Date of Defense: 3-Dec-2018
Issue Date: 21-Feb-2019
Citation: BIGOLIN, Marcos Vinícius. Estudo de caso: Análise de Eficiência Energética em edificações através do método prescritivo. 2018. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 03 dez. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2379.
Abstract: Grande parte das edificações não é projetada para que o conforto térmico seja atendido naturalmente, necessitando de equipamentos consumidores de energia elétrica para o bem-estar dos seus ocupantes. A partir da Lei da Eficiência Energética surgiu a preocupação em normatizar um regulamento que avaliasse o conforto térmico dos ambientes internos das edificações. Intitulado como Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética das Edificações Residenciais, o RTQ-R entrou em vigor para que as edificações visem iniciativas para o menor consumo de energia elétrica atendendo aos requisitos de conforto térmico. O presente trabalho avaliou uma edificação multifamiliar na cidade de Lajeado/RS a fim de classificá-la, segundo os níveis de eficiência energética constantes no RTQ-R. O projeto original da edificação alcançou nível “C” em eficiência, sendo um nível mediano em relação ao potencial de conforto térmico, motivado principalmente ao não atendimento de alguns pré-requisitos constantes no regulamento. Consideraram-se algumas alterações no projeto original, a fim de satisfazer todos os quesitos de conforto térmico e atingir o nível máximo “A”. Os resultados do experimento computacional demonstraram que com alguns ajustes no projeto original, como inserção de uma lâmina de isolamento térmico nas paredes externas e nas tubulações de água quente, aumento das dimensões das esquadrias dos ambientes de permanência prolongada e a colocação de um sistema de aquecimento solar para os chuveiros, todos os apartamentos da edificação obtiveram um ótimo desempenho térmico, classificando a edificação com nível “A” em eficiência energética e atendendo aos requisitos do RTQ-R e das normas NBR 15220/2005 e 15575/2013.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2379
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018MarcosViniciusBigolin.pdf3,69 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons