Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2394
Title: Influência do uso do balanço na aquisição da posição quadrúpede em bebês com síndrome de Down
Authors: Arenhart, Mariana Moraes
Keywords: Fisioterapia;Síndrome de Down;Desenvolvimento infantil
Date of Defense: 29-Nov-2018
Issue Date: 23-Jan-2019
Citation: ARENHART, Mariana Moraes. Influência do uso do balanço na aquisição da posição quadrúpede em bebês com síndrome de Down. 2018. Artigo (Graduação) – Curso de Fisioterapia, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 29 nov. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2394.
Abstract: A Síndrome de Down (SD) é uma alteração genética caracterizada pela trissomia do cromossomo 21; tal condição origina distúrbios no desenvolvimento psicomotor, características físicas típicas e deficiência intelectual em diferentes graus. Objetivo: Verificar a influência do uso do balanço, como um recurso terapêutico, na aquisição da posição quadrúpede por bebês com SD e, identificar o número de sessões necessárias para tal aquisição. Métodos: O presente estudo se caracteriza como estudo de caso, de intervenção, exploratório, descritivo e longitudinal, de abordagem quantitativa. Participaram três crianças com SD (C1, C2 e C3), média de idade de 1,6 anos, atendidas na clínica-escola de fisioterapia da Univates/Lajeado/RS. Como instrumento de avaliação utilizou-se o protocolo de Millani Comparetti (MC) que identifica o nível motor funcional de crianças de zero a dois anos. Antes de serem colocadas no balanço, as crianças receberam técnicas de co-contração e tapping de deslizamento nas articulações e musculatura geral para modulação de tônus muscular. Resultados: Conforme o protocolo de MC, as crianças foram classificadas, na avaliação, no 1o trimestre de desenvolvimento motor e, na reavaliação evoluíram para o 2o trimestre. Após o uso do balanço, C1 adquiriu a posição quadrúpede na 9a sessão, C2 na 10o e C3 na 8a sessão. Conclusão: O balanço mostrou-se uma ferramenta potente na aquisição da postura quadrúpede; o movimento ântero-posterior realizado pelo balanço favorece a distribuição simétrica do peso corporal entre os quatro membros, ativa o controle cervical e do tronco e estimula o equilíbrio contra a gravidade.
Down Syndrome (DS) is a genetic disorder characterized by the trisomy of chromosome 21; such condition originates disorders in the psychomotor development, typical physical characteristics and intellectual deficiency in different degrees. Objective: To verify the influence of balance use, as a therapeutic resource, in the acquisition of quadruped position by infants with DS, and to identify the number of sessions necessary for such acquisition. Methods: The present study is characterized as a case study, interventional, exploratory, descriptive and longitudinal, with a quantitative approach. Participants were three children with SD (C1, C2 and C3), mean age of 1.6 years, attended at the physiotherapy school clinic of Univates / Lajeado / RS. As an evaluation instrument, the Millani Comparetti (MC) protocol was used to identify the functional motor level of children from zero to two years. Before being placed on the balance, the children received co-contraction and sliding tapping techniques in the joints and general musculature for muscle tone modulation. Results: According to the CM protocol, the children were classified, in the evaluation, in the first trimester of motor development and, in the reevaluation, they progressed to the second trimester. After the use of the balance, C1 acquired the quadruped position in the 9th session, C2 in the 10th and C3 in the 8th session. Conclusion: The balance was shown to be a powerful tool in the acquisition of the quadruped posture; the antero-posterior movement performed by the balance favors the symmetrical distribution of body weight between the four limbs, activates the cervical and trunk control and stimulates the balance against gravity.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2394
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018MarianaMoraesArenhart.pdf300,26 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons