Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2402
Title: Nível de atividade física e qualidade de vida dos profissionais de educação física de academias de Lajeado/RS
Authors: Schmitz, Daiana
Keywords: Atividade profissional;Sedentarismo;Saúde;Qualidade de Vida
Date of Defense: 30-Nov-2018
Issue Date: 22-Jan-2019
Citation: SCHMITZ, Daiana. Nível de atividade física e qualidade de vida dos profissionais de educação física de academias de Lajeado/RS. 2018. Artigo (Graduação) – Curso de Educação Física - Bacharelado, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 30 nov. 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2402.
Abstract: Este estudo teve como objetivo identificar os níveis de atividade física e qualidade de vida dos profissionais das academias de musculação da cidade de Lajeado, RS. Quanto à metodologia utilizada, o estudo caracteriza-se como uma pesquisa quantitativa, exploratória, transversal e correlacional, sendo composta por 44 profissionais de Educação Física Bacharelado, todos atuantes em academias de musculação do município, que possuem carga horária mínima de 20h semanais. Para determinar os níveis de atividade física foi utilizado o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ versão curta) e para determinar a qualidade de vida foi utilizado o questionário WHOQOL-Bref. Os resultados encontrados para o nível de atividade física foram de 15,91% em níveis baixos, 20,45% moderado e 63,64% vigoroso. Todos os domínios do WHOQOL apresentaram valores satisfatórios, sendo a qualidade de vida no domínio físico com maior escore (78,57%), enquanto o domínio ambiente menor (68,18%). Dados do presente estudo permitem concluir que profissionais que atuam em academias de musculação do município de Lajeado apresentam, em sua maioria, um nível de atividade física ativa de forma vigorosa e apresentam resultados satisfatórios em relação a qualidade de vida. Não houve correlação estatisticamente significativa entre METS e intensidade de atividade física com melhor qualidade de vida.
The objetive of this study was to identify the levels of physical activity and quality of life of the professionals working at gyms in the city of Lajeado, RS. The methodology used to carry out the study was quantitative, exploratory, transversal and correlational, being composed of 44 Physical Education professionals, all working in gyms within the city, with a minimum of 20 hours worked a week. The International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) was used to determine the levels of physical activity, and the WHOQOL-Bref Questionnaire was used to determine quality of life. The results for the amount of physical activity went from 15.91% in lower levels, 20.45% in moderate levels and 63.64% in vigorous levels. All of the WHOGOL domains presented satisfactory measurements, with the highest scoring domain (78.57%) being physical, and the lowest scoring domain (68,18%) being environmental. This data allows the conclusion that professionals working in gyms in the city of Lajeado present, in their majority, a vigorous level of active physical activity as well as satisfactory results in terms of quality of life. There was no significant correlative relationship between METs and the intensity of physical activity with a better quality of life.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2402
Appears in Collections:Educação Física - Bacharelado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018DaianaSchmitz.pdf431,81 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons