Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2418
Title: Conflitos regionais e migrações: consequências da Guerra da Síria para a imigração na Europa
Authors: Wiebusch, Larissa Alana
Keywords: Migrações;Primavera Árabe;Guerra Civil na Síria;Crise Migratória;Europa
Date of Defense: 4-Dec-2018
Issue Date: 27-Feb-2019
Citation: WIEBUSCH, Larissa Alana. "Conflitos regionais e migrações: consequências da Guerra da Síria para a imigração na Europa". 2018. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 04 dez. 2018. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/2418>.
Abstract: Tendo em vista a eclosão de uma crise migratória no ano de 2015 na Europa, tem-se por objetivo analisar as principais causas do fenômeno bem como dados atualizados a respeito destes fluxos. Tendo a Europa como principal destino, os imigrantes se viram obrigados a deixar suas casas, família e país em busca de sobrevivência, devido ao caos instaurado em países do Oriente Médio após a eclosão da Primavera Árabe, em 2011, e a guerra civil na Síria que já se estende por sete anos. Diante disso, diversos fatores serão analisados, entre eles os motivos e consequências destes fenômenos tanto para os países que recebem esta população de imigrantes e refugiados na Europa e em países vizinhos ao Oriente Médio, de que forma os países estão agindo nas fronteiras, números e dados acerca dos deslocamentos, número de mortos, principais rotas utilizadas para que as pessoas cheguem ao seu destino. O fato de a União Europeia ser responsável por abrigar o maior número de refugiados atualmente, principalmente a Alemanha, está vinculado principalmente a aceitação dos pedidos de asilo e qualidade de vida dos países desenvolvidos. Além disso, será analisado cuidadosamente o motivo pelo qual se iniciou a Primavera Árabe, a situação e a posição dos diversos países envolvidos, no que diz respeito às manifestações e protestos em diversos países do Oriente Médio. Além disso, a Síria também deve ser analisada, pelo fato de que, grande parte dos fluxos migratórios que ocorreram no mundo desde 2015 ocorreram devido ao caos instaurado no país, que há muitos anos convive com um regime ditatorial. Além disso, a disputa por territórios sírios envolve atualmente diversos grupos, entre eles rebeldes, grupos terroristas como o Estado Islâmico e diversos atores internacionais, que passam também a intervir no conflito.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2418
Appears in Collections:Relações Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018LarissaAlanaWiebusch.pdf840,19 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons