Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2472
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSilva, Wully Barreto da-
dc.date.accessioned2019-04-03T20:56:05Z-
dc.date.available2019-04-03T20:56:05Z-
dc.date.issued2019-04-03-
dc.date.submitted2019-01-25-
dc.identifier.citationSILVA, Wully Barreto da. "Uso da serapilheira como indicadora de recuperação ambiental em uma cronosequencia de florestas nos neotrópicos: um estudo de caso na Amazônia brasileira". 2019. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 25 jan. 2019. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/2472>. pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10737/2472-
dc.description.abstractA serapilheira em um ecossistema florestal é o principal caminho para a transferência de nutrientes da vegetação para o solo, mantendo sua fertilidade essencial para o funcionamento dos sistemas florestais. É constituída por todo o material orgânico, incluindo folhas, ramos, flores, frutos, casca e outras partes de plantas que caem no chão da floresta. O objetivo deste trabalho foi: i) quantificar a produção de serapilheira e suas diferentes frações em florestas primárias e secundárias com diferentes períodos de regeneração; ii) verificar as concentrações de C, N, P e K presentes na serapilheira nesses ambientes; iii) descrever o padrão sazonal de produção de serapilheira; iv) determinar a taxa de decomposição da serapilheira nos ambientes estudados; v) avaliar se existe diferença na composição química da serapilheira conforme o estágio sucessional e a sazonalidade. Os resultados obtidos mostraram que a produção e decomposição da serapilheira é reduzida em habitats alterados quando comparada com florestas primárias e secundárias com maior tempo de regeneração. Além disso, em condições climáticas semelhantes, as taxas de produção e decomposição da serapilheira começam a se estabilizar em florestas secundárias maduras, entretanto, a produção de nutrientes em ambientes recuperados é inferior às florestas primárias. A estação seca produziu maior quantidade de folhas e galhos, enquanto que as flores e frutos foram maiores na estação chuvosa. Verificou-se também que as maiores concentrações dos nutrientes ocorreram nos meses mais secos. Nossos resultados representam uma contribuição útil para entender a dinâmica dos processos de produção, decomposição e composição química de serapilheira em uma região neotropical pouco estudada, entretanto, faz-se necessário a ampliação deste estudo para outras áreas da Amazônia.pt_BR
dc.description.abstractIn a forest ecosystem, litterfall is the main nutrients transfer path from plant shoots to the soil surface, which is essential for the functioning of forest systems. It consists of all organic material including leaves, twigs, flowers, fruits, bark and other parts of plants that fall to the ground. The present study aimed to i) quantify litterfall production and its different fractions in primary and secondary forests with different regeneration periods; ii) verify the concentrations of C, N, P and K in litterfall in these environments; iii) describe the seasonal pattern of litterfall production; iv) determine the litterfall decomposition rate in the studied environments; v) assess whether there is a difference in the chemical composition of litterfall according to successional stage and seasonality. The results obtained showed reduced litterfall production and decomposition in disturbed habitats compared to primary and secondary forests with a longer regeneration period. Moreover, under similar climatic conditions, litterfall production and decomposition rates begin to stabilize in mature secondary forests. However, nutrient production in recovered secondary forests is lower than in primary forests. Leaves and twigs were more prevalent in the dry season, while flowers and fruits were more prevalent in the rainy season. Also, the highest nutrient concentrations occurred in the driest months. Our results provide a useful contribution to understand the dynamics of the processes of production, decomposition and chemical composition of litterfall in a little explored neotropical region. However, it is recommended that further studies in other areas of the Amazon are conducted.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsembargoedAccesspt_BR
dc.subjectAmazôniapt_BR
dc.subjectBioindicadorpt_BR
dc.subjectCiclagem de nutrientespt_BR
dc.subjectDecomposiçãopt_BR
dc.subjectNutrientes do solopt_BR
dc.subjectSerapilheirapt_BR
dc.subjectSucessão florestapt_BR
dc.subjectLitterfallpt_BR
dc.subjectDecompositionpt_BR
dc.subjectAmazonpt_BR
dc.subjectBioindicatorpt_BR
dc.subjectForest successionpt_BR
dc.titleUso da serapilheira como indicadora de recuperação ambiental em uma cronosequencia de florestas nos neotrópicos: um estudo de caso na Amazônia brasileirapt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade do Vale do Taquari - Univatespt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/4494244221645524pt_BR
mtd2-br.author.latteshttp://lattes.cnpq.br/0425197951866054pt_BR
mtd2-br.program.namePPGAD;Ambiente e Desenvolvimentopt_BR
mtd2-br.advisor.namePérico, Eduardo-
mtd2-br.co-advisor.nameCajaiba, Reinaldo L.-
bdu.cnpq.areaCBpt_BR
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019WullyBarretodaSilva.pdf1,29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons