Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2516
Title: Estética e biossegurança: aspectos ligados à segurança e ao gerenciamento de resíduos em estabelecimentos estéticos
Authors: Leão, Odith da Silva  Lattes
Keywords: Biossegurança;Risco-Saúde;Gerenciamento de resíduos;Estéticas;Salões de beleza;Meio ambiente;Biosecurity;Health risk;Residual management;Aesthetics;Beauty salons;Environment
Date of Defense: 29-Mar-2019
Issue Date: Mar-2019
Citation: LEÃO, Odith da Silva. "Estética e biossegurança: aspectos ligados à segurança e ao gerenciamento de resíduos em estabelecimentos estéticos". 2019. Dissertação (Mestrado) – Curso de Sistemas Ambientais Sustentáveis, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 29 mar. 2019. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/2516>.
Abstract: A expansão do mercado de trabalho na área da beleza e o aumento do fluxo de pessoas que oferecem serviços voltados à estética tornaram necessário agregar condutas de biossegurança e gerenciamento de resíduos de serviços de saúde, para a prevenção da saúde tanto dos profissionais que atuam nesse segmento quanto dos clientes que frequentam esses estabelecimentos, o que, por consequência abrange a sustentabilidade do ambiente. Este estudo buscou identificar e analisar as práticas adotadas pelos profissionais do ramo estético no município de Lajeado/RS, quanto aos temas de biossegurança e gerenciamento de resíduos de serviços de saúde, levando-se em consideração que os cuidados preconizados deverão, cada vez mais, ser observados por esses profissionais. A biossegurança e a precaução com o meio ambiente no segmento estético se tornarão, gradativamente, em uma exigência do mercado. A pesquisa é bibliográfica, descritiva e exploratória. Para dar consecução ao objetivo foi realizado em uma busca de dados municipais e na elaboração de um questionário semiestruturado com 13 perguntas objetivas, tendo como público-alvo os profissionais da área estética atuantes no município. Após, aplicou-se o critério de escolha que foi baseado no cálculo amostral, para verificar qual a amostra necessária para a realização da pesquisa, utilizando amostragem aleatória simples sobre variáveis categóricas. Na pesquisa, o erro amostral foi considerado 10% e o nível de confiança 90%, valores frequentemente usuais neste tipo de amostra, totalizando, assim, 54 estabelecimentos onde realizou-se as visitas in loco para o desenvolvimento do diagnóstico de sua situação atual perante as legislações em vigor. A pesquisa revelou os seguintes resultados: deficiências no gerenciamento de resíduos, ausência de PGRSS (Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde) e carência de orientações técnicas específicas. Dos 54 estabelecimentos visitados, apenas três realizam a segregação adequada, o que representa cerca de 5%; 72% dos entrevistados não possuem conhecimento sobre o destino final dos resíduos gerados e, ainda, há baixa adesão às normas de biossegurança, visto que 70% responderam que não possuem conhecimento sobre a comissão de biossegurança em saúde. Conclui-se que os profissionais do ramo necessitam de aperfeiçoamento quanto aos temas relacionados ao gerenciamento de resíduos e biossegurança, pois, mesmo tendo ciência dos problemas ambientais e de saúde pública que ocorrem em esfera global, não investem e não dão a devida importância ao tema, por falta de informações, incentivos e cobrança dos órgãos externos.
The expansion of the job market in the field of beauty care and the increasing flow of people offering aesthetic services, has brought the need of biosecurity and residual management. These measures aim to protect both the professionals of this field and their clients, which by consequence promote environmental sustainability. This study aimed at identify and analyze the practices adopted by these professionals in the municipality of Lajeado/RS, regarding the topics biosecurity and health care residues management, taking into account that these measures should be increasingly observed by these professionals. The biosecurity and the care towards the environment will be gradually a requirement of this market. The methodology of this study consisted in a literary, descriptive and exploratory research on the municipality data, and the development of a quiz structured in 13 objective questions, targeting the professionals of aesthetics working in the municipality. Afterwards, was applied a choice criterion based in the sample calculation to verify which sample size is needed to develop the research, using a simple random sampling over categorical variables. Were considered the sampling error of 10% and the confidence level of 90%, those are frequently used values in this type of sample. Therefore, were totalized 54 businesses, in which in loco visits were made to verify their situation towards the current legislation. The research revealed the following results: residual management deficiency, absence of PGRSS (Health care residual management plan) and lack of specific technical guidance. From the fifty four firms visited, only three were doing the proper management, what means 5% of the total; 72% of the interviewed have no knowledge of the final destination of their residues, and still low adhesion to the biosecurity norms since 70% do not have knowledge about biosecurity health commission. In conclusion, the study has shown that these professionals demand an improvement on the management of residues and biosecurity. Even knowing about the global environmental problems these professionals do not invest, as well do not have concerns about this theme due to the lack of information, incentives and control by the authorities.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2516
Appears in Collections:Sistemas Ambientais Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019OdithdaSilvaLeao.pdf1,34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons