Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2637
Title: Efeitos da exposição a efluentes de curtume na fertilidade de camundongos
Authors: Barros, Evandro da Silva  Lattes
Keywords: Efluentes de curtume;Camundongos;Desregulação endócrina;Tannery effluents;Mice;Endocrine disruption
Date of Defense: 30-Jul-2019
Issue Date: Jul-2019
Citation: BARROS, Evandro da Silva. "Efeitos da exposição a efluentes de curtume na fertilidade de camundongos". 2019. Dissertação (Mestrado) – Curso de Sistemas Ambientais Sustentáveis, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 30 jul. 2019. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/2637>.
Abstract: Os efluentes provenientes das indústrias de curtume possuem elevada carga poluidora, geralmente contendo substâncias capazes de provocar alterações significativas na dinâmica das populações de pequenos mamíferos, bem como alterações drásticas na saúde de seres humanos que possam ter contato com esse tipo de resíduo. Apesar da restrita legislação, é frequente o descarte de efluentes com padrões inadequados em corpos d’agua. Recentemente foi demonstrado que o contato com efluentes de curtume em concentração maior que 5% causa degeneração testicular em ratos. Estes dados são um importante indicativo da toxicidade reprodutiva deste contaminante, contudo é importante definir se concentrações ainda menores, e mais próximas da realidade ambiental causam o mesmo efeito. Assim, esta dissertação teve objetivo de avaliar os efeitos toxicológicos no sistema reprodutivo de camundongos machos expostos de forma crônica (30 dias) a esse tipo de efluente. Para isso, foram utilizados 40 (quarenta) camundongos Balb/c distribuídos em 04 (quatro) grupos experimentais conforme o grau de contaminação da água de beber, a saber: 0% (controle), 0,1%, 0,5% e 5%. A exposição às diferentes concentrações do efluente ocorreu durante 30 (trinta) dias. Após este período, os machos foram pareados com fêmeas para avaliação de parâmetros de fertilidade. Em seguida, foram eutanasiados para avaliações morfológicas, celulares e moleculares nos tecidos reprodutivos. Para tanto, foram avaliados parâmetros de qualidade seminal. Em relação aos parâmetros físico-químicos avaliados no efluente, ficaram evidentes as altas concentrações de cromo total, disruptor endócrino com potencial de provocar danos à saúde. Os dados obtidos demonstram que os machos expostos a 0,5% e 5% do efluente tiveram alterações morfológicas nos espermetazóides, apresentando principalmente defeitos de cabeça. Os machos do grupos 5% tiveram aumento expressivo na massa corpórea. As fêmeas pareadas com os machos dos respectivos grupos apresentaram redução significativa no peso da placenta. Dessa forma, essa pesquisa demonstra que mesmo em baixas concentrações a exposição a efluentes de curtume pode causar efeitos negativos no sistema reprodutivo de camundongos machos. Isso permite compreender o quanto esse tipo de efluente pode impactar negativamente uma população inteira de mamíferos que dependa de corpos d’água contaminados.
Effluents from tanneries have a high polluting load, usually containing substances capable of causing significant changes in the dynamics of small mammal populations, as well as drastic changes in the health of humans that may have contact with this type of waste. Despite restrict legislation, discharges of inadequate standards into water bodies are often discarded. It has recently been shown that contact with tannery effluents in a concentration greater than 5% causes testicular degeneration in rats. These data are an important indicator of the reproductive toxicity of this contaminant, however it is important to define whether even lower concentrations closer to environmental reality have the same effect. Thus, this dissertation aimed to evaluate the toxicological effects on the reproductive system of male mice chronic (30 days) exposed to this type of effluent. For this, 40 (fourteen) Balb / c mice were distributed in 04 (four) experimental groups according to the degree of drinking water contamination, namely: 0% (control), 0.1%, 0.5% and 5% Exposure to different effluent concentrations occurred for 30 (thirty) days. After this period, males were paired with females to evaluate fertility parameters. They were then euthanized for morphological, cellular and molecular evaluations in reproductive tissues. For this, seminal quality parameters were evaluated. Regarding the physicochemical parameters evaluated in the effluent, it was evident the high concentrations of total chromium, endocrine disruptor with potential to cause health damage. The data show that males exposed to 0.5% and 5% of the effluent had morphological changes in spermetazoids, presenting mainly head defects. Males in the 5% group had a significant increase in body mass. Females paired with males of the respective groups showed significant reduction in placental weight. Thus, this research demonstrates that even at low concentrations exposure to tannery effluents can have negative effects on the reproductive system of male mice. This allows us to understand how much this type of effluent can negatively impact an entire mammalian population that depends on contaminated bodies of water.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2637
Appears in Collections:Sistemas Ambientais Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019EvandrodaSilvaBarros.pdf967,58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons