Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2711
Title: Por um “bom dia” e “boa noite” para todos: um estudo sobre o acesso à informação para o surdo através do telejornalismo
Authors: Massoni, Vanessa
Keywords: Televisão;Telejornalismo;Acessibilidade;Surdez;Libras;Television;Telejournalism;Accessibility;Deafness;Pounds
Date of Defense: 9-Dec-2019
Issue Date: Dec-2019
Citation: MASSONI, Vanessa. Por um “bom dia” e “boa noite” para todos: um estudo sobre o acesso à informação para o surdo através do telejornalismo. 2019. Monografia (Graduação em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 09 dez. 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2711.
Abstract: O bom dia e boa noite dado pelos âncoras ao iniciarem um telejornal se tornou uma marca para a imagem do telejornalismo. Porém, a fala só se torna um ícone para quem consegue ouvi-la e compreendê-la. A televisão está presente em aproximadamente 95% dos domicílios do Brasil, conforme o IBGE (2010). O censo do IBGE (2010) também informa que 2 milhões de pessoas possuem uma perda auditiva grave. Dessa forma, é perceptível que ela ainda é um meio de comunicação relevante e presente no dia a dia dos brasileiros. Diante disso, investigar como acontece o acesso à informação de qualidade e independente, através do telejornalismo para os surdos se torna imprescindível. A pesquisa qualitativa, que é também descritiva, baseou-se em materiais bibliográficos e análise documental. Mediante uma análise de conteúdos midiáticos nos meses de setembro de 2018 e setembro de 2019 dos programas telejornalísticos Jornal do Almoço (RBS TV) e Jornal da Cultura (TV Cultura) e por meio de um questionário aplicado via online para surdos frequentadores da Associação de Surdos de Lajeado (Asla) conclui-se que este grupo possui dificuldades e necessidades encontradas no acesso à informação, por meio de televisão e para que possam se informar de forma independente e satisfatória, garantindo seus direitos, as emissoras precisam disponibilizar os dois recursos: closed caption e a janela de Libras, dando a opção de escolha para o indivíduo.
The good morning and good night which are given by the news anchors when they start the news has became a mark for the image of television news. However, speech only becomes an icon for those who can hear and understand it. According to IBGE (2010), television is present in approximately 95% of Brazilian households. The INGE census (2010) also reports that 2 million people have a severe hearing loss. Thus, it is noticeable that it is still a relevant means of communication in the daily life of Brazilians. In this context, investigating how access to quality and independent information happens through telejournalism for the deaf becomes essential. Qualitative research, which is also descriptive, was based on bibliographic materials and document analysis. Through an analysis of media content in the months of September 2018 and September 2019 of the television news programs Jornal do Almoço (RBS TV) and Jornal da Cultura (TV Cultura) and through a questionnaire which applied online to deaf people attending the Deaf Association of Lajeado (Asla) it is concluded that this group has difficulties and needs in accessing information through television. Therefore, to be able to independently and satisfactorily inform themselves, guaranteeing their rights, broadcasters need to make available both resources of closed caption and pounds giving the option of choice to the individual.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2711
Appears in Collections:Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019VanessaMassoni.pdf2,66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons