Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2749
Title: Análise do comportamento mecânico de vigas de concreto armado reforçado com fibras submetidas a corrosão acelerada por imersão modificada
Authors: Lanzini, Rodrigo Conzatti
Keywords: Concreto Armado;Fibras;Corrosão;CAIM
Date of Defense: 4-Dec-2019
Issue Date: Nov-2019
Citation: LANZINI, Rodrigo Conzatti. Análise do comportamento mecânico de vigas de concreto armado reforçado com fibras submetidas a corrosão acelerada por imersão modificada. 2019. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 04 dez. 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2749.
Abstract: A corrosão do aço em estruturas de concreto armado é um grave problema que atinge muitas edificações, diminuindo a sua vida útil. Visando buscar soluções para minimizar esse problema, este estudo busca avaliar a utilização de fibras metálicas e de polipropileno como reforço do concreto armado. O ensaio baseia-se na imersão das estruturas em uma solução de cloretos e na aplicação de uma diferencia de potencial, através de ligação das mesmas a uma fonte de energia, simulando desta forma ambiente altamente agressivo, durante um período de 30 dias. Foram moldadas 6 vigas de concreto armado, duas com o reforço de fibras metálicas, duas com reforço de fibra de polipropileno e duas de concreto convencional. Para cada tipo de concreto uma viga foi submetida ao ensaio de CAIM. As estruturas foram moldadas com dimensões de 100 x 15 x 15 cm e com uma armadura positiva de duas barras de 8mm. Após os 30 dias, com três vigas no processo de corrosão e três em cura úmida, elas foram rompidas através do ensaio de flexão a 4 pontos, para comparativo da perda de resistência das estruturas com e sem corrosão. A viga com concreto convencional apresentou uma perda de 13% após o ensaio de corrosão, a estrutura de concreto reforçado com fibra de polipropileno resultou em uma perda de resistência de 24%, já a reforçada com fibra metálica teve uma perda de 5% de sua resistência à tração. Os resultados obtidos demostram que a adição de fibra metálica teve resultados positivos para diminuir a corrosão, já a adição de fibra de polipropileno demonstrou uma menor eficiência que o concreto convencional utilizado como referência.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2749
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019RodrigoLanzini.pdf4,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons