Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2815
Title: Influência da intervenção fisioterapêutica na qualidade de vida dos idosos institucionalizados
Authors: Wickert, Soraia
Keywords: Instituição de Longa Permanência para Idosos. Atividade Física para Idoso.;Fisioterapia;Saúde do Idoso Institucionalizado;Homes for the Aged. Physical activity for the Elderly;Health of Institutionalized Elderly;Physiotherapy
Date of Defense: 15-Nov-2019
Issue Date: Nov-2019
Citation: WICKERT, Soraia. Influência da intervenção fisioterapêutica na qualidade de vida dos idosos institucionalizados. 2019. Artigo (Graduação) – Curso de Fisioterapia, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 15 nov. 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2815.
Abstract: Objetivo: Avaliar a influência fisioterapêutica na prevenção e na promoção da saúde para à melhora da qualidade de vida (QV) dos idosos institucionalizados, na região do Vale do Taquari-RS. Métodos: A pesquisa caracteriza-se como quantitativa e qualitativa, utilizando como procedimento técnico o estudo de campo, através do levantamento de dados de forma longitudinal. Para a amostra foram avaliadas nove idosas, cuja idade média foi de 84 anos (DP ± 8,5), em duas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), com as quais foram realizadas sete intervenções fisioterapêuticas. A coleta de dados inicial foi através de uma ficha de caracterização clínica e social, teste Mini Exame do Estado Mental (MEEE), Teste de Alcance Funcional (TAF), Escala Visual Analógica (EVA), da descrição do local da dor, a Manovacuometria e do Inventário de Qualidade de Vida SF-36. Além disso, foi realizada a aplicação da escala de mudança percebida nas atividades de vida diária (AVDs) dos idosos através da percepção de um profissional de cada ILPI ao final de todas as intervenções fisioterapêuticas. As atividades de prevenção e promoção à saúde foram: alongamentos musculares globais, movimentos ativos dos membros e de tronco, exercícios respiratórios e treino motor que simulasse algumas AVDs, como sentar e levantar, marchar, subir e descer degrau e vestir-se. Para registros das percepções da pesquisadora durante todas as intervenções foi utilizado um diário de campo. Resultados: Todas as idosas apresentavam alguma doença crônica, cinco destas (56%) referiram dor nos membros inferiores (MMII) e sofreram quedas nos últimos seis meses. Após as intervenções fisioterapêuticas, observou-se melhora significativa na pontuação do TAF, (P=0,01), assim como para o domínio de capacidade funcional do SF-36 (P=0,003). Os demais valores em relação aos protocolos utilizados apresentaram uma melhora clínica quando analisada a pontuação obtida antes e depois das intervenções. Conclusão: As intervenções fisioterapêuticas influenciam positivamente na prevenção do risco de quedas e na QV no que diz respeito a capacidade funcional do idoso. Assim, as ações de prevenção e promoção à saúde são ferramentas importantes para minimizar os efeitos fisiológicos deletérios do envelhecimento humano, favorecendo a manutenção e/ou melhora da capacidade física e social.
Objective: To evaluate the physiotherapeutic influence on prevention and health promotion to improve the quality of life (QOL) of institutionalized elderly in the Vale do Taquari-RS region. Methods: The research is characterized as quantitative, using as a technical procedure the field study, through the longitudinal data collection. Nine elderly women, whose average age was 84 years old (SD ± 8.5), were evaluated in two long-term care institutions (LTCF), with seven physical therapy interventions. The initial data collection was through a clinical and social characterization form, Mini Mental State Examination (MEEE) test, Functional Reach Test (TAF), Visual Analog Scale (VAS), pain site description, Manovacuometry and the SF-36 Quality of Life Inventory. In addition, the scale of change perceived in the activities of daily living (ADLs) of the elderly was performed through the perception of a professional from each LTCF after all physical therapy interventions. The prevention and health promotion activities were: global muscle stretching, active limb and trunk movements, breathing exercises and motor training that simulated some ADLs, such as sitting and rising, marching, climbing and stepping and dressing. To record the researcher's perceptions throughout the interventions, a field diary was used. Results: All elderly women had some chronic disease, five of them (56%) reported lower limb pain (lower limbs) and suffered falls in the last six months. After physical therapy interventions, there was a significant improvement in the FAT score (P = 0.01), as well as for the SF-36 functional capacity domain (P = 0.003). The other values in relation to the protocols used showed a clinical improvement when analyzing the score obtained before and after the interventions. Conclusion: Physical therapy interventions positively influence the prevention of risk of falls and QOL regarding the functional capacity of the elderly. Thus, prevention and health promotion actions are important tools to minimize the deleterious physiological effects of human aging, favoring the maintenance and / or improvement of physical and social capacity.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2815
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019SoraiaWickert.pdf317,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons