Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2859
Title: Obtenção e caracterização de filmes biodegradáveis de amido de pinhão e batata-doce
Authors: Nichel, Suélen
Keywords: Amido;Pinhão;Batata-doce;Filmes biodegradáveis;Starch;Pine nuts;Sweet potatoes;Biodegradable films
Date of Defense: 15-Jul-2020
Issue Date: Jun-2020
Citation: NICHEL, Suélen. Obtenção e caracterização de filmes biodegradáveis de amido de pinhão e batata-doce. 2020. Monografia (Graduação em Engenharia Química) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 15 jul. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2859.
Abstract: Devido aos problemas ambientais gerados pelo grande acúmulo de resíduos poliméricos descartados inadequadamente na natureza nas últimas décadas, vem aumentando o número de pesquisas relacionadas a materiais biodegradáveis. Entre estes materiais, os filmes biodegradáveis vêm ganhando destaque, pois formam uma solução filmogênica que pode ser utilizada como um revestimento protetor, podendo ser utilizado para conservação de alimentos como frutas. Assim, este trabalho avaliou a extração do amido do pinhão e da batata-doce para posterior produção de filmes biodegradáveis, analisando suas propriedades e aplicação como revestimento de frutas. A extração dos amidos foi realizada por processo de trituração e posterior filtração e secagem. Os filmes biodegradáveis foram obtidos a partir do método de casting, onde ocorre a formação da solução filmogênica através do amido de pinhão e do amido da batata-doce juntamente com plastificante (glicerol). As análises de caracterização dos filmes de amido de pinhão (GFP), amido de batata-doce (GFB) e do polímero comercial (CFMM) foram realizadas por meio de ensaios de solubilidade, espessura, análise térmicas e morfológicas, além de ensaios visuais e de perda de massa, utilizando como fruta o tomate. Os resultados obtidos indicam que todos os filmes biodegradáveis apresentaram uma solubilidade baixa e o filme CFMM apresentou menor espessura (0,0026 ± 0,002 mm) comparado aos demais filmes. Na análise termogravimétrica (TGA) os filmes GFP e GFB apresentaram estabilidades térmicas inferiores ao CFMM, já no comportamento térmico por calorimetria exploratória diferencial (DSC), verificou-se que todos os filmes apresentaram uma adequada resistência a altas temperaturas. Na análise morfológica os filmes GFP e GFB mostraram certas irregularidades e defeitos, já o filme CFMM apresentou uma morfologia homogênea e compacta. Por fim, no teste de aplicação como revestimento em tomates, a solução filmogênica não aderiu completamente ao fruto, não mostrando bons resultados relacionados ao seu aspecto visual. Em relação a perda de massa, os resultados mostraram uma maior perda de massa no início, indicando que após o sexto dia o fruto começou a perder menos água. Assim, conclui-se que o filme comercial (CFMM) apresentou melhor desempenho quando comparado aos filmes GFP e GFB, que não apresentaram uma adequada efetividade quando aplicados como revestimento de proteção em frutas.
Due to environmental issues generated by the large accumulation of improperly discarded polymeric waste in nature in recent decades, the number of research related to biodegradable materials is increasing. Among these materials, biodegradable films have been gaining prominence as they form a filmogenic solution that can be used as a protective coating and can be used for the conservation of food such as fruit. Thus, this work evaluated the extraction of starch from pine nuts and sweet potatoes for subsequent production of biodegradable films, analyzing its properties and application as a coating for fruit. The extraction of starch was carried out by the crunch process and subsequent filtration and drying. The biodegradable films were obtained from the casting method, where the formation of the filmogenic solution occurs through pine nuts starch and sweet potato starch together with a plasticizer (glycerol). The characterization analyses of pine nuts starch (GFP), sweet potato starch (GFB) films, and commercial film (CFMM) were performed through solubility, thickness, thermal and morphological analysis, as well as visual and mass loss tests using tomatoes as fruit. The results obtained indicate that all biodegradable films had a low solubility and CFMM03 film had a lower thickness (0.0026 ± 0.002 mm) compared to other films. In the Thermogravimetric Analysis (TGA) GFP and GFB films showed thermal stabilization lower than CFMM, while in the thermal behavior by Differential Scanning Calorimetry (DSC) all films showed good resistance to high temperatures. In the morphological analysis, GFP and GFB films showed certain irregularities and defects, while CFMM film showed a homogeneous and compact morphology. Finally, in the application test as a coating on tomatoes, the filmogenic solution did not fully adhere to the fruit, not showing good results related to its visual aspect. Regarding the loss of mass, the results showed a greater loss of mass at the beginning, indicating that after the sixth day the fruit began to lose less water. Thus, it is concluded that the commercial film (CFMM) showed better performance when compared to the GFP and GFB films, which did not show adequate effectiveness when applied as a protective coating on fruit.
URI: http://hdl.handle.net/10737/2859
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020SuelenNichel.pdf2,42 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons