Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/2887
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorZart, Paulina Ely-
dc.date.accessioned2020-12-12T13:46:00Z-
dc.date.available2020-12-12T13:46:00Z-
dc.date.issued2019-11-
dc.date.submitted2019-11-25-
dc.identifier.citationZART, Paulina Ely. A dupla (ou múltipla) jornada de trabalho feminina e o princípio da igualdade: reflexão sobre a submissão da mulher e a divisão desigual do trabalho doméstico. 2019. Monografia (Graduação em Direito) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 25 nov. 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/2887. pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10737/2887-
dc.description.abstractA promulgação da Constituição Federal de 1988 garantiu os direitos fundamentais e de igualdade de tratamento entre homens e mulheres. Considerada como um marco jurídico na institucionalização dos Direitos Humanos no Brasil, após séculos de desigualdades. A Revolução Industrial, por outro lado, influenciou a estrutura da sociedade de forma econômica e deste modo proporcionou a inserção da mulher no mercado de trabalho. A partir disso, surgiram as primeiras legislações trabalhistas incluindo as mulheres. No entanto, após anos de mudanças sociais, econômicas e jurídicas na sociedade, a desigualdade de gênero manifesta-se atualmente, em diversas esferas sociais. A esfera privada, mais característica por lar, mesmo após a inserção feminina no mercado de trabalho, continua sendo de responsabilidades quase que exclusivamente da mulher, corroborando a concreta divisão sexual do trabalho. Tendo esse fenômeno em vista, o presente artigo tem por objetivo analisar a participação do homem na esfera doméstica entrevistando mulheres do município de Teutônia, bem como avaliar a dupla jornada de trabalho feminina, considerando o ambiente de trabalho produtivo (externo) e reprodutivo (lar). A hipótese do presente artigo é baseada nas seguintes variáveis: renda, idade, número de filhos, escolaridade e acesso à tecnologia. A participação do homem nos afazeres domésticos é uma medida de igualdade. Assim, busca-se compreender como a divisão sexual do trabalho repercute na vida das mulheres, em todas as esferas sociais, bem como dimensionar a desvalorização da jornada de trabalho doméstica feminina.pt_BR
dc.description.abstractIn 1988 the publication of the Federal Constitution guaranteed the fundamental rights and equal treatment between men and women. Being considered a legal framework in the institutionalization of Human Rights in Brazil, after centuries of inequality. The Industrial Revolution, on the other hand, influenced economically the structure of society and thus provided the insertion of women in the labor market. After this, the first labor laws including women were created. However, after years of social, economic and legal change in society, gender inequality is currently manifesting itself in several social spheres. In the private sphere, characterized of the home, even after the female insertion in the labor market, it responsibility remains almost exclusively of the woman, corroborating the concrete sexual division of labor. Given this, the future monograph aims to analyze the participation of men in the domestic sphere by interviewing women from Teutonia. As well as assessing the double workload of women, considering the productive (external) and reproductive (home) work environment. The hypothesis of this future monograph is based on the following variables: income, age, number of children, scholarity and access to technology. Man's participation in housework is a measure of equality. Thus, we aim to understand how the sexual division of labor impacts on women's lives in all social spheres, as well as evaluate the devaluation of the female domestic workday.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectGêneropt_BR
dc.subjectDesigualdade de gêneropt_BR
dc.subjectDivisão sexual do trabalhopt_BR
dc.subjectDupla jornada de trabalho femininapt_BR
dc.subjectTrabalho doméstico não remuneradopt_BR
dc.subjectGender inequalitypt_BR
dc.subjectFemale double shiftpt_BR
dc.subjectSexual division of laborpt_BR
dc.subjectUnpaid houseworkpt_BR
dc.subjectGenderpt_BR
dc.titleA dupla (ou múltipla) jornada de trabalho feminina e o princípio da igualdade: reflexão sobre a submissão da mulher e a divisão desigual do trabalho domésticopt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade do Vale do Taquari - Univatespt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/5420437376464108pt_BR
mtd2-br.advisor.nameSamuel, Gimena Sichonany-
bdu.cnpq.areaCSApt_BR
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019PaulinaElyZart.pdf578,29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons