Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/301
Title: Identificação de charcoal em nível de roofshale no Afloramento Quitéria, formação Rio Bonito, permiano da Bacia do Paraná, e suas consequências para o passado, presente e futuro
Authors: Costa, Odimar Lorini Da  Lattes
Keywords: Carvão Vegetal Macroscópico;Bacia do Paraná;Rio Grande do Sul;Paleoclima;Paleoambientes
Date of Defense: 14-Jan-2013
Issue Date: 31-May-2013
Citation: COSTA, Odimar Lorini Da. "Identificação de charcoal em nível de roofshale no Afloramento Quitéria, formação Rio Bonito, permiano da Bacia do Paraná, e suas consequências para o passado, presente e futuro". 2013. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 14 jan. 2013. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/301>.
Abstract: As mudanças ambientais alteram a dinâmica dos sistemas e, consequentemente, afetam as atividades desenvolvidas pelo ser humano. Na tentativa de estabelecer cenários futuros para a identificação de mudanças do ambiente, estudos em todo o planeta estão sendo conduzidos utilizando-se marcadores ambientais para verificar as modificações climáticas que a Terra já enfrentou. Tais marcadores ilustram o comportamento do fogo baseando-se em seus registros, ente eles o carvão vegetal macroscópico fóssil. Estes vestígios permitem as análises da atmosfera ou do ambiente ao longo do tempo, para que seja efetuada uma comparação concisa do cenário atual com o passado, a fim de auxiliar na construção de modelos eficientes de tendências climáticas globais. Evidências de incêndios diferem em quantidade e temporalidade em cada região analisada, pois para que possa existir fogo é necessária a presença de três componentes básicos: comburente, energia e combustível, que resulta em gases, cinzas e carvão. A existência do fogo poderia alterar a proporção dos gases da atmosfera e consequentemente nos fluxos entre os reservatórios dos elementos que os formam. O presente estudo apresenta o resultado da análise de amostras contendo carvão vegetal macroscópico na Bacia do Paraná, mais especificamente no Afloramento Quitéria no Estado do Rio Grande do Sul. Efetuou-se, primeiramente, exame do material em laboratório utilizando parâmetros específicos, onde foram analisados fragmentos com características de carvão vegetal macroscópico, os quais foram separados e avaliados sob Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV). Dessa forma foi possível identificar a ocorrência de incêndios na camada da fácies Sm de roof-shale para o Afloramento Quitéria, ampliando a distribuição de ocorrência de incêndios para o Permiano.
URI: http://hdl.handle.net/10737/301
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OdimarCosta.pdf1,97 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons