Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/3021
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorKorthuis, Kátia Karine-
dc.date.accessioned2021-09-09T12:20:54Z-
dc.date.available2021-09-09T12:20:54Z-
dc.date.issued2020-11-
dc.date.submitted2020-12-03-
dc.identifier.citationKORTHUIS, Kátia Karine. Análise das propriedades mecânicas de concreto autoadensável com vidro moído. 2020. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 03 dez. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3021. pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10737/3021-
dc.description.abstractA preocupação ambiental, o esgotamento de recursos naturais, e a situação dos aterros sanitários, despertam a busca por novos meios de reciclagem e reutilização dos materiais que seriam classificados como lixo e teriam como destino o aterro sanitário. Contribuindo ao reaproveitamento de resíduos, esta monografia busca a substituição de agregado miúdo natural, fonte não renovável, por vidro moído oriundo de garrafas long neck de cor verde, em concreto autoadensável. O objetivo é avaliar a viabilidade, quanto suas propriedades físicas e mecânicas, do concreto autoadensável com substituição do agregado fino natural por agregado reciclado. A metodologia deste estudo quantitativo envolveu a moagem do vidro, dosagem, análise granulométrica e caracterização deste, bem como, dos demais materiais constituintes do concreto autoadensável. Os teores de substituição utilizados foram de 10, 20 e 30% de vidro em substituição em massa de agregado miúdo. Os ensaios em estado fresco realizados foram de espalhamento, pelo método do Cone de Abrams, e caixa L, comprovando as propriedades requeridas do concreto autoadensável tanto para o concreto referência, quanto para os concretos com substituição. Em estado endurecido foram executados os ensaios de resistência à compressão, absorção por capilaridade, absorção média, índice de vazios, massa específica e módulo de elasticidade, que revelaram uma variação entre propriedades físicas e mecânicas. O concreto com 10% de substituição apresenta resistência à compressão e módulo de elasticidade maior, quando comparado aos outros teores, enquanto que o teor de 20% se mostrou mais vantajoso em suas características físicas, pois apresentou menor média de índice de vazios e absorção. A conclusão do estudo é de que é viável, tendo em vista as propriedades analisadas, produzir concreto autoadensável com vidro moído oriundo de garrafas long neck de cor verde em substituição de agregado miúdo, sendo o concreto com 20% de substituição o que apresenta melhores caraterísticas em estado fresco e o concreto com 10% de substituição o que apresenta os melhores resultados de suas propriedades em estado endurecido.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectConcreto autoadensávelpt_BR
dc.subjectVidro moídopt_BR
dc.subjectPropriedades mecânicaspt_BR
dc.titleAnálise das propriedades mecânicas de concreto autoadensável com vidro moídopt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade do Vale do Taquari - Univatespt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/4191062226316722pt_BR
mtd2-br.advisor.nameMascolo, Rafael-
bdu.cnpq.areaENGpt_BR
bdu.contributor.evaluatorGauer, Emanuele Amanda-
bdu.contributor.evaluatorLeon, Helena Batista-
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020KátiaKarineKorthuis.pdf9,95 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons