Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/3024
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorQuadros, Gabriel de-
dc.date.accessioned2021-09-09T12:25:08Z-
dc.date.available2021-09-09T12:25:08Z-
dc.date.issued2020-11-
dc.date.submitted2020-12-03-
dc.identifier.citationQUADROS, Gabriel de. Moldagem remota e moldagem in loco: estudo comparativo entre métodos de moldagem de corpos de prova cilíndricos de concreto. 2020. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 03 dez. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3024. pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10737/3024-
dc.description.abstractEm um setor competitivo como o da construção civil, onde a demanda por produtos é intensa, caso das indústrias fornecedoras de concreto pré misturado, é natural que surjam procedimentos que proponham facilitar e/ou baratear os processos usualmente empregados, desde que os mesmos preservem as condições técnicas exigidas pela norma brasileira. Portanto, a presente pesquisa objetiva analisar o método de moldagem de corpos de prova de concreto tradicionalmente empregado no controle tecnológico das empresas fornecedoras de concreto usinado, bem como compará-lo a um método alternativo, de moldagem remota, verificando as interferências nas propriedades físicas e mecânicas do concreto, quando submetido à etapa de transporte ao laboratório ainda em seu estado fresco. Desta forma, o programa experimental realizado envolveu a moldagem de nove corpos de prova de um mesmo lote de concreto em que, destes, três foram moldados pelo motorista operador do caminhão betoneira, três foram moldados pelo laboratorista da empresa e três foram moldados em laboratório, pelo laboratorista, a partir da amostra de concreto fresco transportada. Uma vez que os resultados obtidos para os ensaios de consistência aplicados previamente à cada moldagem apresentaram pequeno decréscimo para o nível de abatimento do concreto, logo, os corpos de prova moldados após a concretagem (moldagem remota) puderam ser preparados sem dificuldades. As análises de variância das resistências à compressão realizadas entre os diferentes níveis de ambiente e moldador, por sua vez, permitiram verificar que a influência de tais variáveis sobre a principal propriedade mecânica do concreto foi não significativa, indicando que há viabilidade técnica para implementação do processo de moldagem remota de corpos de prova no controle interno das empresas fornecedoras de concreto, podendo trazer benefícios econômicos para a mesma.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectMoldagem remotapt_BR
dc.subjectMoldagem in locopt_BR
dc.subjectControle tecnológico do concretopt_BR
dc.subjectEstudo comparativopt_BR
dc.titleMoldagem remota e moldagem in loco: estudo comparativo entre métodos de moldagem de corpos de prova cilíndricos de concretopt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade do Vale do Taquari - Univatespt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/4191062226316722pt_BR
mtd2-br.advisor.nameMascolo, Rafael-
bdu.cnpq.areaENGpt_BR
bdu.contributor.evaluatorGauer, Emanuele Amanda-
bdu.contributor.evaluatorLeon, Helena Batista-
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020GabrieldeQuadros.pdf944,83 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons