Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/314
Title: Integração do processo oxidativo avançado - UV/H2O2 e eletrodiálise no tratamento de efluentes oriundos do processo de tingimento de Ágatas
Authors: Santos, Luciano Cuozzo Moura Dos
Keywords: Efluentes industriais;Eletrodiálise;Processos oxidativos avançados;Ágatas
Issue Date: 7-Jun-2013
Abstract: Os efluentes industriais têm sido apontados como um dos grandes responsáveis por acidentes ambientais, ocasionando a contaminação dos recursos hídricos. Muitos destes impactos ambientais ocorrem devido ao tratamento ineficiente destes efluentes que, quando simplesmente descartados comprometem as características naturais do ecossistema local. As indústrias atuantes no ramo de beneficiamento de gemas geram resíduos bastante complexos e altamente contaminados – especialmente aqueles oriundos dos processos de tingimento e lavagem de ágatas -, o que dificulta a relação de tratamento adequado e sustentabilidade. Isso ocorre porque na pigmentação são empregados diversos corantes orgânicos e inorgânicos, que possuem estruturas químicas resistentes, de difícil degradação e íons metálicos. Pode se dizer, portanto, que é justamente a complexidade do tratamento destes efluentes industriais que instiga o presente trabalho, de forma que se buscou desenvolver uma técnica alternativa, capaz de possibilitar o tratamento de forma mais sustentável e eficiente. Assim, o principal objetivo deste estudo é verificar a integração do processo oxidativo avançado UV/H2O2 e da técnica de eletrodiálise, no tratamento dos efluentes oriundos do processo de tingimento e lavagem de ágatas, realizando a degradação da matéria orgânica através do processo oxidativo avançado - UV/H2O2, bem como remover os íons contaminantes dissolvidos no efluente através da técnica de eletrodiálise. Na fotodegradação a radiação é proporcionada por uma lâmpada de vapor de mercúrio (400 W), com a vazão controlada por uma bomba de recirculação. Assim, o efluente percorre a tubulação, e em fluxo ascendente passa pela célula, sofrendo dessa forma incidência direta de radiação UV, tornando-se parcialmente degradado. Para a eletrodiálise foi utilizado eletrodos de titânio/rutênio (70TiO2/30RuO2) como ânodo, e como cátodo um eletrodo de titânio, a corrente foi aplicada por uma fonte de corrente e medido seu potencial. As avaliações dos processos foram realizadas por análises dos teores de matéria orgânica. Utilizou-se, para tanto, o determinador de carbono orgânico total, de nitrogênio total, medidas de pH e condutividade.‫ ‏‬Em termos de degradação, a conjugação dos processos obteve redução de 73,83% da matéria orgânica e um percentual de extração de 24,2% do nitrogênio total ao final do estudo.
URI: http://hdl.handle.net/10737/314
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LucianoSantos.pdf891,33 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons