Odontologia e saúde bucal em pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva: protocolo para uma revisão de escopo

Imagem em miniatura
Data
2020-07
Autores
Trevisol, Fernanda
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
Tendo em vista o conceito de saúde atual que aborda uma visão holística do paciente, é indissociável a saúde bucal da saúde sistêmica. Na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) o paciente está mais exposto ao risco de infecção, e, segundo alguns autores, este é um problema de saúde pública e uma causa significativa do aumento da mortalidade e de custos hospitalares. Uma das infecções mais comumente encontradas em pacientes hospitalizados é a do trato respiratório e existem dados na literatura que confirmam a associação direta entre o biofilme oral e estas infecções. No atual conhecimento dos autores do presente protocolo, não existem revisões de escopo publicadas sobre a prática odontológica e saúde bucal de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva até o presente momento. Uma revisão de escopo sobre essa questão se faz necessária para fornecer uma visão global do assunto, mapeando as evidências disponíveis até o momento para a identificação de lacunas de conhecimento. A metodologia do presente estudo incluirá estratégias de busca eletrônica, busca em listas de referências de artigos selecionados, busca manual em jornais e periódicos chave, busca em redes de comunicação, organizações e conferências, e a busca na literatura cinzenta. O processo de seleção dos estudos será desenvolvido através de um processo iterativo, envolvendo o refinamento da estratégia de busca e a revisão de artigos para inclusão no estudo. A presente revisão de escopo será guiada pela pergunta de pesquisa: “O que mostra a literatura existente sobre odontologia e saúde bucal de pacientes internados em UTI?”. O objetivo desta revisão de escopo é sintetizar: 1) Importância do tratamento odontológico em pacientes internados em UTI; 2) Impacto das condições de saúde bucal em desfechos sistêmicos em pacientes internados em UTI; 3) Protocolos clínicos para o atendimento/manutenção da saúde bucal de pacientes internados; 4) Custo efetividade do tratamento/cuidados em saúde bucal; 5) Regulamentação e politicas relacionadas à atuação do cirurgião dentista em ambiente hospitalar.
Descrição
Palavras-chave
Unidade de Terapia Intensiva, Odontologia., Unidade Hospitalar de Odontologia, Internação Hospitalar
Citação
TREVISOL, Fernanda. Odontologia e saúde bucal em pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva: protocolo para uma revisão de escopo. 2020. Monografia (Graduação em Odontologia) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 29 jul. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3186.
Coleções