Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/3194
Title: I do dance: projeto de identidade visual para despertar a curiosidade do público masculino pela prática do ballet clássico
Authors: Holtermann, Luiza Reckziegel
Keywords: Design;Design gráfico;Identidade visual;Ballet clássico;Ballet masculino;Graphic design;Visual Identity;Classical ballet;Male ballet
Date of Defense: 17-Dec-2020
Issue Date: 17-Dec-2020
Citation: HOLTERMANN, Luiza Reckziegel. I do dance: projeto de identidade visual para despertar a curiosidade do público masculino pela prática do ballet clássico. 2020. Monografia (Graduação em Design) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 17 dez. 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3194.
Abstract: Com a construção social de gênero vigente na sociedade, é comum as pessoas relacionarem a atividade do ballet clássico como algo exclusivamente feminino, pela sua delicadeza e pela suavidade dos movimentos. Esse fato desempenha um importante papel nas atitudes dos meninos e homens em relação ao estudo da dança e se eles participam ou não da mesma. Em pesquisa realizada por Susan Stinson (1998), foi revelado que meninos mais velhos se preocupam que as pessoas possam pensar que são homossexuais por estarem praticando o ballet, mesmo que em sua criação no Renascimento, apenas homens participavam das danças. Um dos maiores desafios do designer é encontrar soluções para problemas, de modo que elas promovam uma conexão e identificação com o público consumidor. A partir desses aspectos, o presente trabalho tem o objetivo de unir o design gráfico ao ballet clássico, a fim de desenvolver um projeto de identidade visual com a função de estimular meninos a buscarem o conhecimento do ballet clássico. Fundamentado na metodologia de Bruno Munari (2008), foram realizadas duas pesquisas qualitativas, com diretores de escolas de ballet do Rio Grande do Sul e bailarinos do sexo masculino. Também foram feitas duas pesquisas quantitativas com o público em geral a respeito de suas percepções sobre o ballet e com bailarinos do sexo masculino de todo o país. A partir das pesquisas foram realizadas as etapas de resultados e discussões, que revela pontos importantes sobre a percepção e visibilidade do ballet para os meninos e para a sociedade. Após foi gerada a lista de requisitos para uma criação mais assertiva do projeto. Posteriormente na etapa criativa, iniciou-se a elaboração das técnicas como moodboard para a identidade visual e o brainstorm para a geração de alternativas para o nome do projeto tudo criado em conjunto com um grupo de meninos bailarinos. Com isso pode-se gerar as alternativas para logotipo e identidade e, em seguida, para compreender a visão do público alvo, foi gerado um formulário com as melhores alternativas. É por meio dele que se tornou possível compreender as principais características visuais para solução e após a análise das características das opções mais votadas, foi criado o modelo final e os desdobramentos da identidade visual. O projeto visa ter seus materiais gráficos liberados gratuitamente para uso de quem possuir o interesse de divulgar e incentivar o ballet masculino.
The gender’s construction imposed by society makes people think that classical ballet is something exclusively for women, because its tenderness and its smooth movements. This fact has an important role in boys and men’s attitudes either if they are studying and dancing ballet or not. Susan Stinson (1998) in her research reveals that older boys are worried that people might think they are homosexuals due to the fact they dance ballet, even though its creation in the Renaissance era ballet was exclusive for men; only men could practice and dance. One of the designers’ biggest challenges is to find solution for problems so they can provide connection and identification to their public. From these aspects, our work’s objective is to combine the classical ballet with the graphic design in order to develop a visual identity Project to stimulate boys to look for ballet classes and also for some information about it. Based on Bruno’s Munari (2008) methodology two qualitative researches were carried out with head masters of ballet schools from Rio Grande do Sul and male ballet dancers. Also, two quantitative researches with general public upon their perspective about ballet and about male ballet dancers were made all over the country. From this research, results and discussions stages were performed, which show important points about the perception and visibility of ballet for boys and for the society. After, a requirement’s list was made for a more assertive project creation. Later on, in the creative stage, the elaboration of techniques such as moodboard for visual identity and brainstorm for the generation of alternatives for the name of the project began, all created with a group of male dancers. With that it is possible to create the alternatives for logo and identity and, then, to understand the vision of the target audience, a form with the best alternatives was made. It is through it that it became possible to understand the main visual characteristics for solution and after analyzing the characteristics of the most voted options, the final model and the unfolding of the visual identity was created. The project aims to have its graphic materials released free of charge the usage by anyone with an interest in promoting and encouraging male ballet.
URI: http://hdl.handle.net/10737/3194
Appears in Collections:Design

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020LuizaReckziegelHoltermann.pdf12,31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons