O impacto da pandemia de Covid-19 na assistência odontológica: uma revisão sistemática

Imagem em miniatura
Data
2021-12
Autores
Dauernheimer, Larissa
Título do periódico
ISSN
Título do Volume
Editor
Resumo
O presente estudo teve o objetivo de avaliar o impacto da pandemia de COVID-19 na assistência odontológica, através de uma revisão sistemática. A busca dos artigos foi realizada em cinco bases de dados: PubMed / Medline, Scopus, Web of Science, Biblioteca Virtual em Saúde e Scielo. Foram incluídos estudos transversais, prospectivos ou retrospectivos que avaliaram o impacto da pandemia de covid-19 no nível de assistência (público ou privado) ou na perspectiva econômica, estudos com dados primários e secundários, artigos originais, cartas ao editor e comunicações breves. Revisões de literatura não foram incluídas. A leitura e seleção dos estudos foi realizada Dois autores leram todos os títulos e resumos dos artigos de forma independente e avaliaram os estudos por elegibilidade considerando os critérios de inclusão e exclusão mencionados anteriormente. Os dados foram coletados e analisados de forma qualitativa. A busca inicial resultou em 1205 estudos. Após avaliação de títulos e resumos, 100 estudos foram acessados para leitura completa. Destes, 43 foram incluídos na presente revisão sistemática. Os estudos foram originários de 104 países diferentes. No total 17.305 indivíduos foram investigados em diferentes serviços de saúde. O desenho da maioria dos estudos foi transversal (n=13) retrospectivo (n= 9). Considerando os 43 estudos que investigaram o impacto da pandemia na assistência odontológica, observamos que a grande maioria (n= 91%) reportou algum impacto da pandemia nos serviços odontológicos. De forma geral, durante o outbrack, grande parte dos dentistas fecharam seus consultórios, enquanto que alguns continuaram apenas atendimentos de urgência e emergência. Além da diminuição dos procedimentos odontológicos, alguns estudos relataram uma mudança no perfil dos procedimentos realizados. Foi observado uma elevação em procedimentos exodônticos, tratamento de abcessos e 5 na prescrição de medicamentos. O impacto econômico também foi investigado em 12 estudos. Destes, 75% observou um impacto econômico importante para os cirurgiões-dentistas. Desta forma, foi possível observar que a pandemia de COVID-19 teve um impacto negativo na assistência odontológica, mudando o perfil dos atendimentos e gerando importantes impactos econômicos para os profissionais de saúde.
The present study aimed to assess the impact of the COVID-19 pandemic on dental care through a systematic review. The search for articles was performed in five databases: PubMed / Medline, Scopus, Web of Science, Virtual Health Library and Scielo. Cross-sectional, prospective or retrospective studies that assessed the impact of the covid-19 pandemic on the level of care (public or private) or on the economic perspective were included. Studies with primary and secondary data, original articles, letters to the editor and brief communications were included. Literature reviews were not included. Two authors independently read all the titles and abstracts of the articles and evaluated the studies for eligibility considering the inclusion and exclusion criteria mentioned above. Data were collected and analyzed qualitatively. The initial search resulted in 1205 studies. After evaluating titles and abstracts, 100 studies were accessed for full reading. Of these, 43 were included in this systematic review. The studies originated from 104 different countries. A total of 17,305 individuals were investigated in different health services. The design of most studies was cross-sectional (n=13) and retrospective (n=9). Considering the 43 studies that investigated the impact of the pandemic on dental care, we observed that the vast majority (n= 91%) reported some impact of the pandemic on dental services. In general, during the outbrack, most dentists closed their offices, while some continued only urgent and emergency care. In addition to the reduction in dental procedures, some studies reported a change in the profile of procedures performed. An increase in exodontic procedures, treatment of abscesses and prescription of medications was observed. The economic impact was also investigated in 12 studies. Of these, 75% noted an important economic impact for dentists. Thus, it was possible to observe that the COVID-19 pandemic had a negative impact on dental care, changing the profile of care and generating important economic impacts for health professionals.
Descrição
Palavras-chave
Covid-19, Revisão sistemática, Odontologia, Systematic review, Dentistry
Citação
DAUERNHEIMER, Larissa. O impacto da pandemia de Covid-19 na assistência odontológica: uma revisão sistemática. 2021. Monografia (Graduação em Odontologia) – Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 02 dez. 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/3342.
Coleções