Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/62
Title: A educação ambiental na extensão rural:uma análise a partir das concepções e práticas dos extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar da região de Estrela_RS
Authors: Teixeira, Elizangela Mainardi Roso
Keywords: Educação ambiental;Extensão rural;Ação extensionista
Date of Defense: 13-Jun-2008
Issue Date: 14-Jan-2009
Citation: TEIXEIRA, Elizangela Mainardi Roso. "A educação ambiental na extensão rural:uma análise a partir das concepções e práticas dos extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar da região de Estrela_RS". 2008. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 13 jun. 2008. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/62>.
Abstract: A preocupação com a problemática ambiental em nossa sociedade, faz com que ela seja incorporada como uma prática educativa e inovadora nos diferentes segmentos sociais, dentre eles o dos extensionistas rurais. Assim, este estudo analisa as concepções e práticas dos extensionistas rurais, tomando como sujeitos aqueles pertencentes ao quadro funcional da Emater/RS-Ascar da região administrativa de Estrela-RS. Ele visa compreender a dinâmica entre a educação ambiental e a extensão rural, investigando como a questão ambiental vem sendo entendida e realizada por estes profissionais e como pode contribuir para o desenvolvimento rural sustentável. A abordagem metodológica da pesquisa é qualitativa, tendo como método a análise de conteúdo. A coleta de dados foi realizada através da aplicação de um questionário com questões abertas e de entrevistas semi-estruturadas, nos quais buscamos aprofundar a inter-relação entre as concepções ambientais dos extensionistas e suas práticas profissionais, compreendendo melhor esta interação dialética. Os resultados indicam que as concepções ambientais manifestas pelos extensionistas estão diretamente relacionadas aos aspectos de preservação do meio ambiente e ao uso adequado dos recursos naturais. As atividades práticas desenvolvidas estão baseadas, principalmente, na promoção de mudanças comportamentais e hábitos ambientalmente responsáveis, muitas vezes, caracterizadas de forma “isolada e descontínua”. Conclui-se que as concepções reveladas pelos extensionistas não são, efetivamente, transformadas em práticas, havendo uma incoerência entre as afirmações de caráter discursivo e a prática destes profissionais. A partir disso, como pressuposto básico para o desenvolvimento rural sustentável, são sugeridas estratégias de qualificação profissional e de educação continuada que promovam o crescimento e o aperfeiçoamento do profissional de extensão rural.
URI: http://hdl.handle.net/10737/62
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elizangela.pdf2,11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in BDU are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.