Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/71
Title: Avaliação de metais pesados e micronúcleos em peixes da bacia hidrográfica Butuí-Icamaquã e análise da água
Authors: Porto, Luiz Carlos Santos  Lattes
Keywords: Elementos traço;Metais;Recursos hídricos;Micronúcleos;Agricultura
Date of Defense: 27-Mar-2009
Issue Date: 8-May-2009
Citation: PORTO, Luiz Carlos Santos. "Avaliação de metais pesados e micronúcleos em peixes da bacia hidrográfica Butuí-Icamaquã e análise da água". 2009. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 27 mar. 2009. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/71>.
Abstract: Metais pesados, também denominados elementos traço, podem ser essenciais ao metabolismo de organismos vivos, e, ao mesmo tempo, dependendo de suas concentrações, altamente tóxicos. Com o objetivo de investigar a toxicidade das águas dos rios da Bacia Hidrográfica Butuí-Icamaquã, na fronteira oeste do Rio Grande do Sul, foram analisados os teores de alumínio, cádmio, cromo, cobre, manganês, níquel, chumbo e zinco, através de espectrofotometria de absorção atômica, em vísceras de peixes. Esfregaços sanguíneos dos peixes foram realizados e corados com May-Grünwald-Giemsa, para contagem de micronúcleos nas hemácias, no intuito de observar sinais de genotoxicidade. Paralelamente houve coleta e análise da água dos rios. Ao todo, foram efetuadas três coletas entre junho de 2007 e fevereiro de 2008. Nas vísceras dos peixes mostraram-se acima dos níveis considerados seguros alumínio, manganês, cromo, cádmio, cobre e níquel. A análise da água acusou níveis elevados de bromo, chumbo, cianeto, cobre, cromato, fenóis, fosfato, manganês e sulfeto, além de presença de enterococos e Escherichia coli. O exame microscópico das hemácias dos peixes não revelou a presença significativa de micronúcleos. Os resultados indicam sinais de contaminação química e microbiana dos rios da bacia hidrográfica e ausência de genotoxicidade demonstrável pela contagem da ocorrência de micronúcleos. A concentração dos elementos nas vísceras dos peixes coletados indica, também, um potencial risco à saúde humana perante o consumo local de peixes.
URI: http://hdl.handle.net/10737/71
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuizPorto.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in BDU are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.