Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/720
Title: O uso da vermicompostagem para redução do cromo em lodo de curtume e após aplicação como fertilizante em cultivo de cebolinha (Allium fistulosum l.)
Authors: Stevens, Débora  Lattes
Keywords: Vermicompostagem;Iodo cromado;Minhocas;Cebolinhas
Date of Defense: 12-Dec-2014
Issue Date: 23-Apr-2015
Citation: STEVENS, Débora. "O uso da vermicompostagem para redução do cromo em lodo de curtume e após aplicação como fertilizante em cultivo de cebolinha (Allium fistulosum l.)". 2014. Dissertação (Mestrado) – Curso de Biotecnologia, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 12 dez. 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/720>.
Abstract: Um dos resíduos gerados nos curtumes é o lodo cromado, que pode ser tratado por diferentes processos químicos, físicos e biológicos. Uma problemática dos lodos da indústria curtidora é a presença de metais tóxicos, principalmente do cromo. Uma alternativa para aproveitar os resíduos orgânicos é a vermicompostagem, que utiliza minhocas para acelerar a decomposição dos resíduos e, consequentemente ocorre a liberação de ácidos húmicos. Estes ácidos húmicos têm grande potencial em adsorver e diminuir a disponibilidade do cromo no lodo. Este trabalho teve como objetivo avaliar o potencial da vermicompostagem com diferentes espécies de minhocas na redução do cromo e a possibilidade da utilização do húmus na produção de mudas de cebolinha. Para isso, foram avaliadas condições de lodo de curtume e de solo em que as minhocas se adaptassem para realizar o processo de vermicompostagem. Após foram feitos minhocários adicionando misturas de lodo de curtume e de solo e foram incubadas as espécies de Eisenia andrei, Eudrilus eugeniae e Perionyx excavatus. Após o processo de vermicompostagem, o húmus gerado foi usando em plantio de cebolinha (Allium fistulosum) usando proporções de 0 a 100% de solo e húmus por 60 dias. As variáveis avaliadas foram: concentração de Cr nas raízes e folhas das cebolinhas, altura das plantas, raiz e parte aérea, número de folhas, matéria fresca e matéria seca. Como resultado, verificou-se a redução da absorção de Cr nas plantas conforme o aumento do húmus nos testes. Para alguns testes houve alteração na matéria seca e matéria fresca. Considerando o teste que teve a menor absorção de cromo nas cebolinhas, o teste T5Ea foi considerado o mais adequando para que o húmus seja usando em plantio deste vegetal.
URI: http://hdl.handle.net/10737/720
Appears in Collections:Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014DeboraStevens.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons