Use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10737/723
Title: Estrutura arbórea da mata ciliar como indicador ambiental em propriedades leiteiras com floresta estacional decidual
Authors: Markus, Eloísa  Lattes
Keywords: Propriedade rural;Biologia da conservação;Sustentabilidade ambiental
Date of Defense: 19-Dec-2014
Issue Date: 23-Apr-2015
Citation: MARKUS, Eloísa. "Estrutura arbórea da mata ciliar como indicador ambiental em propriedades leiteiras com floresta estacional decidual". 2014. Dissertação (Mestrado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 19 dez. 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10737/723>.
Abstract: O produtor rural, em algumas situações, é citado como um dos responsáveis por problemas vinculados ao meio ambiente, sobretudo quando mantém suas atividades agrossilvipastoris em Área de Preservação Permanente (APP). Estas áreas possuem a função de preservar os recursos hídricos, a biodiversidade, a estabilidade geológica, garantindo a manutenção do equilíbrio ambiental em diferentes esferas. Apesar de ser fundamental a presença de vegetação em APP’s, estas áreas continuam sendo alteradas. Este trabalho teve como objetivo analisar a florística e a fitossociologia da vegetação arbórea de APP’s de curso d´água em propriedades rurais produtoras de leite, localizadas em Floresta Estacional Decidual (FED), que possuem vegetação arbórea em sua extensão, com a finalidade deaperfeiçoar um indicador ambiental. A seleção das propriedades foi realizada com o auxílio das Secretarias de Agricultura e Emater de cada município participante da pesquisa. A análise florística e fitossociológica arbórea foi realizada em três propriedades leiteiras de municípios distintos do Vale do Taquari – RS, com áreas totais e de APP’s variadas, pertencentes à formação fitoecológica FED. O estudo florístico arbóreo foi realizado pelo método de caminhamento e o fitossociológico com a alocação de unidades amostrais (UA’s) no tamanho de 144 m², com distanciamento de cinco metros entre si e perfazendo toda a APP de curso d’água que continha quantidade significativa de vegetação arbórea, totalizando 76 UA’s. No levantamento florístico foram identificadas 95 espécies e 68 gêneros pertencentes a 33 famílias, enquanto que no estudo fitossociológico foram amostradas 24 espécies e 15 famílias na Área I (AI); 43 espécies e 21 famílias na Área II (AII) e 58 espécies e 24 família na Área III (AIII). Com a análise fitossociológica e os índices de diversidade Shannon (H’) foi possível a elaboração de um indicador de sustentabilidade ambiental relacionado à vegetação arbórea existente nas APP’s de curso d’água de propriedades leiteiras do Vale do Taquari, RS, localizadas em FED.
The farmer, in some situations, is quoted as one of those responsible for problems related to the environment, especially when they keep their agroforestry activities in permanent preservation areas (PPA’s). These areas possess the function of preserve the water resources, biodiversity, geological stability, ensuring the maintenance of environmental balance in different spheres. Despite being fundamental the presence of vegetation in PPA’s, these areas remain changed. This study aimed to analyze the floristics and phytosociological of trees from PPA’s of water courses in dairy farms, located in Decidous Forests (DF) that have arboreal vegetation, with the objective, improve an environmental indicator. The selection of properties was made with the assistance the Secretariat of Agriculture and Emater of each participating municipality Search. A floristic analysis and phytosociologic was performed in three dairy farms of different municipalities of Vale do Taquari – RS, with total areas of PPA varied, belonging to phytoecological formation DF. The arboreo floristic study was realized by the method of walking by the area and phytosociological with the allocation of sampling units in the size of 144 m², a each spaced five meters and over the whole PPA’s of water courses which contained significant amount of arboreal vegetation, totaling 76 sampling units. In the floristic study were identified 95 species and 68 genera belonging to 33 families, while in phytosociological study were sampled 24 species and 15 families in the Área I (AI); 43 species and 21 families in the Área II (AII); and 58 species and 24 families in the Área III (AIII). With the phytosociological analysis and Shannon diversity index was possible the preparing an indicator of environmental sustainability related to arboreal vegetation in the PPA’s of water courses in dairy farms from Vale do Taquari, RS, located in Decidous Forests.
URI: http://hdl.handle.net/10737/723
Appears in Collections:Ambiente e Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014EloisaMarkus.pdf2,75 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons